Custo das rendas pode deixar quase 20 mil alunos sem professores

Câmaras municipais pedem apoio ao Governo para fixar docentes que estejam longe de casa.

As escolas portuguesas estão a ter dificuldades em preencher os horários das turmas por causa dos preços das habitações, que é impeditivo para a generalidade dos professores, revela o “Jornal de Notícias” (JN) na edição desta segunda-feira, 18 de novembro.

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) estima que entre 19 e 20 mil alunos possam ter falta de professores a, pelo menos, uma disciplina. Segundo a Fenprof, a um mês do final do primeiro período, 244 continuavam por preencher. “São entre 750 e 800 turmas”, explica Vítor Godinho, dirigente da federação.

Os municípios de Lisboa, Setúbal e Faro são os concelhos do país onde faltam mais professores, segundo o JN. Para responder à situação, as autarquias de Lisboa, Oeiras e Faro aprovaram uma moção sobre alojamento de docentes para fixar os docentes.

“Há falta de professores e haverá cada mais, com o aumento das reformas e cursos de ensino vazios”, lamenta Rogério Bacalhau, presidente da Câmara Municipal de Faro.

Recomendadas

Conheça algumas dicas para quem vai aproveitar o Natal para ir de férias

Se está a pensar reservar o alojamento pela internet, verifique primeiramente se o site em questão é seguro e de confiança. Analise os comentários e sugestões de outros consumidores para não correr riscos e se precaver face a alguma situação desagradável.

Quer fazer um testamento? Isto é o que precisa de saber

Os herdeiros legitimários encontram-se sempre protegidos por lei no que às herança diz respeito. No entanto, se pretende deixar a sua quota disponível para alguém específico, é crucial que faça um testamento em vida.

Carris lança campanha “Faça o seu passe em 15 minutos”

A Carris lançou esta quinta-feira a campanha “Faça o seu passe em 15 minutos”, um serviço que permite obter o cartão Lisboa Viva e fazer carregamentos em poucos minutos, anunciou hoje a empresa de transportes públicos de Lisboa.
Comentários