Daimler vai gastar 20 mil milhões de euros em baterias para veículos elétricos

A construtora alemã e dona da Mercedes-Benz pretende disponibilizar 130 carros elétricos e híbridos até 2022, não tendo especificado a que empresas irá comprar as baterias.

Mercedes-Benz

A construtora alemã de carros de luxo Daimler, e dona da Mercedes-Benz, vai gastar 20 mil milhões de euros até 2030, em baterias para veículos elétricos, numa altura em que se prepara para realizar a produção em massa de veículos híbridos e elétricos, revela a agência “Reuters” esta terça-feira.

“Com a compra de baterias por mais de 20 mil milhões de euros, estamos sistematicamente a avançar com a transformação no futuro elétrico da nossa empresa”, afirmou o presidente-executivo Dieter Zetsche em comunicado.

A Mercedes-Benz Cars pretende oferecer 130 veículos elétricos e híbridos até 2022, além de fazer carrinhas elétricas, autocarros e camiões. A construtora não especificou quais empresas a que vai comprar as baterias.

Recomendadas

Desemprego aumenta 1,5% em dezembro, diz IEFP

No final do mês de dezembro de 2019, estavam inscritos nos Centros de Emprego 310.482 indivíduos, o que corresponde a uma variação homóloga de -8,4% (28.553 pessoas) e a uma variação mensal de 1,5% (4.521 pessoas).

Saldo conjunto das balanças corrente e de capital cai para 1.209 milhões em novembro

O saldo conjunto das balanças corrente e de capital fixou-se, até novembro, nos 1.209 milhões de euros, menos de metade dos 3.415 milhões de euros obtidos no período homólogo, divulgou hoje o Banco de Portugal (BdP).

Fruta Feia já tirou duas mil toneladas do lixo e entregou 1 milhão de euros aos agricultores

Isabel Soares, mentora da cooperativa Fruta Feia explicou que chegar a este número em seis anos de existência do projeto significa que este é “um modelo que funciona e que conseguiu, baseado na responsabilidade do consumidor, salvar duas mil toneladas [de alimentos] do lixo”.
Comentários