Disney e Fox: uma fusão histórica de 62 mil milhões de euros

Notícia da finalização da compra foi feita um dia antes do previsto na rede social Twitter da ’21st Century Fox’, embora esta quarta-feira seja anunciada oficialmente a fusão.

Benoit Tessier/REUTERS

Com a união destes dois gigantes cinematográficos, que irá ser concretizada por um valor de 62 mil milhões de euros, os ativos combinados significarão 39% do mercado. O website Recode afirma que esta compra vai representar 40% dos filmes com maior bilheteira, além de 31% de receita de bilheteira. Esta estimativa pode estar relacionada com os bons resultados que os filmes da Marvel têm apresentado.

Esta fusão significa que a Disney vai ter direitos sobre filmes como Deadpool, Avatar e X-Men, que lucraram bastante nos cinemas mundiais. Os acionistas da Fox vão receber 38 dólares (33 euros) por ação, em dinheiro, e a Disney está a planear emitir 343 milhões de ações próprias para estes acionistas.

O ‘planeta’ Fox vai junta-se à Pixar, Lucasfilm e Marvel, já detidas pela ‘The Walt Disney Company’. Ainda assim, as notícias podem não satisfazer os trabalhadores, uma vez que o ‘The Hollywood Reporter’ anunciou que existem quatro mil empregos em risco.

A compra vai permitir a aposta na Disney+ e na Hulu como principais concorrentes da plataforma Netflix, uma vez que já tinha sido anunciado que as séries da Marvel, disponíveis nesta plataforma, iriam ser retiradas para passarem a figurar dentro do universo Disney.

Proposta data de dezembro de 2017

A dezembro de 2017 surgiu a proposta da ‘The Walt Disney Company’ para comprar a ’21st Century Fox’. O acordo de aquisição era de 52,4 mil milhões de dólares (46,14 mil milhões de euros) e engloba os estúdios da 20th Century Fox, Fox television group, 73% de participação na National Geographic, no grupo asiático Star TV, a participação de 30% do streaming Hulu e 50% de participação no Endemol Shine Group. Entretanto o valor final foi acordado em 71,3 mil milhões de dólares (62,79 mil milhões de euros).

A 21st Century Fox vai agrupar a Fox Broadcasting Company, Fox Television Stations, Fox News Channel, a Fox Business Network, a Fox Sports, a Big Ten Network, a FS1 e FS2 numa só empresa: Fox Corporation.

Apesar de ter sido anunciada em 2017, a união teve de ser aprovada por órgãos legisladores de 24 países, por as empresas terem ativos em diversos pontos do mundo. A notícia da finalização da compra foi feita um dia antes do previsto, na rede social Twitter da ’21st Century Fox’, embora hoje seja anunciada oficialmente a fusão.

 

Ler mais
Relacionadas

Disney conclui compra da 21st Century Fox por 62 mil milhões de euros

A Walt Disney fechou esta quarta-feira a compra do grupo de ‘media’ e entretenimento 21st Century Fox, por 71,3 mil milhões de dólares, depois de ter recebido ‘luz verde’ de reguladores de vários países.
Recomendadas

Greves na Soflusa: Assunção Cristas propõe “abrir a travessia do Tejo” a empresas privadas

A líder do CDS-PP revela à “TVI” que esta é a solução para o “drama que 400 mil pessoas sofrem todos os dias para conseguir atravessar o Tejo”.

Agência Europeia também está a investigar problemas nos novos aviões da TAP

Apesar de a Airbus ter inicialmente assumido que os enjoos se deviam ao facto de as aeronaves serem novas, agora as explicações já são mais completas. O fabricante já revelou que os dois problemas sentidos nos vos não estão relacionados.

A organização orientada ao cliente

Para ser orientada ao cliente, uma empresa não precisa de criar novas competências técnicas, apenas de se reorganizar para criar vantagens competitivas sustentáveis face à concorrência.
Comentários