Espanha poderá levantar obrigatoriedade de uso de máscara em espaços públicos

O relaxamento das restrições na Espanha, segundo diretor do Centro de Coordenação de Alerta e Emergências de Saúde, vai depender da evolução da incidência acumulada que foi de 152 casos por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias.

7 – Espanha

O Ministério da Saúde de Espanha está a considerar reduzir algumas restrições. A informação foi revelada, esta segunda-feira, por Fernando Simón, diretor do Centro de Coordenação de Alerta e Emergências de Saúde (CCAES), que anunciou que “é muito possível” que o uso de máscaras de exterior seja reduzido “em poucos dias”.

“Não vou apresentar uma data, mas é verdade que poderá não demorar muito até que sejam feitas propostas claras para remover a máscara em situações específicas”, disse Simón, acrescentando que “isso não significa que o resto das medidas não sejam mantidas”. O relaxamento das restrições, segundo Simón, vai depender da evolução da incidência acumulada.

“Não é bom avançar com datas, mas situações. Dentro de um mês vamos ter números muito favoráveis ​​para a redução de muitas medidas. Algumas podem ser reduzidas mais cedo, desde que outras sejam mantidas”, garantiu.

Esta segunda-feira a Espanha apontou que registou 152 casos por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias. A última vez que a Espanha obteve valores semelhantes foi a 30 de março. Portanto, os diagnósticos estavam a subir lentamente no que tem sido uma quarta onda muito mais moderada.do que as anteriores. Para o cálculo do risco, outras variáveis ​​também são tinhas em consideração, como a ocupação da UTI, que permanece de alto risco: são 18,6% das camas ocupados por pacientes com covid.

Relacionadas

Espanha. Mortes por Covid-19 caíram 90% desde o início da vacinação

Na última semana de janeiro, contabilizaram-se 3.722 mortes, das quais 778 remetiam para idosos com mais de 80 anos. Entre 26 de abril a 2 de maio, registaram-se cinco mortes neste grupo etário, de um total de 366.

Espanha espera receber até 45 milhões de turistas estrangeiros este ano

Uma das esperanças do governo espanhol é ativar o mais rapidamente possível o certificado digital de viagens de forma a relançar o turismo nacional.
Recomendadas

G7. OMS avisa líderes mundiais que são precisas mais vacinas e “mais rápido”

O secretário-geral da Organização Mundial de Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus, avisou este sábado que são precisas mais vacinas e “mais rápido” para vacinar 40% da população mundial até ao fim do ano, na cimeira dos países do G7. 

Covid-19. França atinge 30 milhões de vacinados com pelo menos uma dose

A França atingiu este sábado 30 milhões de pessoas com, pelo menos, uma dose da vacina contra a covid-19, antecipando essa meta que estava prevista para terça-feira, anunciou hoje o primeiro-ministro Jean Castex.

ONU estima cerca de 47 milhões de mulheres no mundo perto da pobreza extrema

Cerca de 47 milhões de mulheres em todo o mundo caminham para a pobreza extrema, alertou a vice-diretora executiva da ONU Mulheres, Anita Bhatia, durante sua primeira missão internacional desde o início da pandemia de covid-19.
Comentários