EUA: PIB cresce 6,5% no segundo trimestre, enquanto subsídios de desemprego caem menos do que esperado

A economia norte-americana apresenta uma trajetória de crescimento claro, mas menos vigoroso do que inicialmente esperado, com os números do segundo trimestre a ficarem próximo do registado nos primeiros três meses do ano.

Estados Unidos da América

A economia norte-americana voltou a dar sinais menos animadores quanto à evolução da sua recuperação, ao registar 6,5% de crescimento anualizado do PIB no segundo trimestre do ano, bem abaixo das expectativas do mercado de 8,5%. Simultaneamente, os dados semanais do desemprego desta quinta-feira mostram uma descida em relação aos números da semana passada, mas os 400 mil pedidos de subsídio ficam acima do previsto.

Depois de registar 6,3% de crescimento anualizado no trimestre anterior, analistas e mercados apontavam a um aumento expressivo deste indicador, considerando os sinais animadores dados com a reabertura da economia. No entanto, os números do Departamento do Tesouro ficam bem abaixo da previsão de 8,5%, de acordo com o levantamento feito pelo portal TradingEconomics.

O aumento foi motivado sobretudo pela aceleração no consumo privado, que cresceu 11,8%. Também as exportações e gastos públicos, tanto a nível federal, como estatal, tiveram um impacto positivo no indicador. Ainda assim, esta última componente registou um abrandamento na sua taxa de crescimento, o que ajuda a explicar a performance menos forte do que esperada da maior economia do mundo.

Outros fatores com peso negativo no resultado conhecido esta quinta-feira foram o investimento bruto privado, que caiu 3,5%, bem como o aumento nas importações.

No mercado laboral, o número de pedidos semanais de subsídios federais de desemprego voltou a descer, ficando-se pelos 400 mil, depois dos 424 mil registados na semana anterior, um número revisto em alta. As expectativas do mercado apontavam para 380 mil, pelo que os dados divulgados esta quinta-feira voltam a ficar acima da previsão. Ainda assim, é de assinalar o recuo em relação ao máximo dos últimos dois meses registado na leitura anterior.

Recomendadas

Jovens entre 18 e 20 anos podem candidatar-se a 60 mil passes de interrail gratuitos

Os candidatos que ganhem um bilhete podem viajar durante 30 dias, entre março de 2022 e fevereiro de 2023, sendo que por ainda se desconhecer a evolução da pandemia, as reservas são flexíveis.

Bruxelas acusa Biden de “falta de lealdade e transparência” e exige explicações do pacto entre EUA, Austrália e Reino Unido

Charles Michel e von der Leyen consideram que existem “muitas perguntas por responder” depois de Joe Biden ter anunciado uma aliança entre a Austrália e o Reino Unido, tendo desfeito um acordo prévio entre a Austrália e a França sobre compra de submarinos. “Um dos nossos Estados-membros foi tratado de forma inaceitável, por isso queremos saber o que aconteceu e porquê”, frisou a presidente da Comissão Europeia.

Marcelo na ONU: “Conselho de Segurança deve ter presença de África, Brasil e Índia”

É um dos temas mais difíceis no interior da UNO, mas o Presidente português não quis deixar de se lhe referir. A sua intervenção foi toda ela no sentido da defesa do multilateralismo como única arma global para os problemas, que são também globais.
Comentários