Fatura da Sorte continua a andar à roda até 2021

Os próximos concursos regulares vão ter lugar a 16, 23 e 30 de janeiro, com 35 mil euros em Certificados do Tesouro a andar à roda em cada um destes dias.

O sorteio da Fatura da Sorte vai manter-se, pelo menos, até ao final do primeiro trimetre de 2021, segundo uma portaria publicada esta terça-feira em Diário da República. Este sorteio contempla os contribuintes que pedem faturas com número de contribuinte.

“Fica autorizada a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) a assumir os encargos orçamentais decorrentes da atribuição dos prémios nos termos do regulamento do sorteio Fatura da Sorte”, de acordo com o documento assinado pelo secretário de Estado do Orçamento, João Rodrigo Reis Carvalho Leão.

A autorização legislativa é válida para os três últimos trimestres de 2020 e o 1.º trimestre de 2021.

Os prémios do concurso regular consistem em Certificados do Tesouro Poupança Mais (CTPM), no valor de 35 mil euros, líquido de imposto do selo.

Já os prémios do concurso extraordinário consistem em Certificados do Tesouro Poupança Mais (CTPM), no valor de 50 mil, líquido de imposto do selo.

Os próximos concursos regulares vão ter lugar a 16, 23 e 30 de janeiro, com 35 mil euros em Certificados do Tesouro a andar à roda em cada um destes dias.

Recorde-se que no final do ano houve um jackpot na Fatura da Sorte com um sorteio extraordinário no valor total de 255 mil euros.

Hoje há sorteio extraordinário da Fatura da Sorte. Em jogo estão 255 mil euros

Ler mais

Recomendadas

Vendas dos lojistas com quebras de 37% face a 2019. Em Lisboa, a redução é superior a 40%

Por sector de atividade, a restauração continua a ser o setor mais afetado, com a descida das vendas a registar 49,1%, o sector de retalho 34,3% e o sector de serviços 38,5%.

DBRS prevê deterioração dos ativos da banca portuguesa em 2021

A agência DBRS prevê uma deterioração “mais pronunciada” da qualidade dos ativos da banca portuguesa em 2021, dada a flexibilização das moratórias, dos empréstimos com garantia do Estado e de outros apoios públicos relacionados com a pandemia.

Espanha prepara apoio extraordinário a quem já esgotou subsídio de desemprego

O Governo e os parceiros sociais espanhóis negociam um subsídio especial de 430 euros para quem esgote os apoios a que tem direito, bem como uma nova fórmula de cálculo para trabalhadores em layoff de trabalhos part-time
Comentários