Fusões e aquisições de tecnológicas em Portugal movimentaram 1,6 mil milhões este ano

A compra de empresas tecnológicas portuguesas tem vindo a acelerar em termos do valor movimentado, apesar de, em 2020, o número de transações estar abaixo do que se verificou em igual período do ano passado.

Os negócios de aquisição de empresas de tecnologia em Portugal este ano já são 40, aponta um relatório do diretório internacional Transactional Track Record (TTR). As operações em questão movimentaram 1,6 mil milhões de euros.

Os valores acima mencionados representam uma diminuição de 30% nos números de transações quando comparando com igual período do ano passado, mas o valor das mesmas cresceu 236%.

Os maiores investidores neste tipo de operações em território nacional são dos Estados Unidos, que compraram já sete empresas tecnológicas portuguesas em 2020. Já em 2019, os norte-americanos movimentaram 2,4 mil milhões de euros em operações do género em Portugal. Por outro lado, o Brasil é o principal alvo destas operações por parte de investidores portugueses, que já adquiriram quatro empresas ligadas ao sector da tecnologia no Brasil este ano.

Os investimentos de capital de risco também têm um peso relevante nestas operações, ao estarem envolvidos em 65% das transações no setor tecnológico português este ano. Isto representam 26 transações, uma diminuição de 26% em relação a igual período do ano passado, mas que se traduz num aumento de 101%, ou 223 milhões de euros, no seu valor.

Recomendadas

Setor da cortiça cresceu 35% em volume de negócios entre 2014 e 2018

Responsável por 50% da produção mundial e 60% das exportações de cortiça em todo o mundo, o setor cresce em vários indicadores no mercado português.

“Caixa opera com margens de 1% a 2% contra 15% do gel desinfetante”, diz Paulo Macedo

O presidente executivo da Caixa Geral de Depósitos considera que o banco público está apto para financiar pequenas, médias ou grande empresas. “Ao longo dos últimos anos, a Caixa e os seus trabalhadores trabalharam para dobrar o nosso Bojador”, afirmou.

Montepio Crédito expande crédito ao consumo na plataforma digital

O Montepio Crédito reforçou a sua aposta no digital e lançou o crédito para aquisição de material escolar e informático na sua plataforma mycreditech, numa altura em que as aulas por meios digitais ganharam relevância.
Comentários