Gonçalo M. Tavares vence Prémio Universidade de Lisboa

A obra de Gonçalo M. Tavares está traduzida em praticamente todas as línguas europeias, bem como em, por exemplo, chinês, japonês, árabe, hebraico, hindu, ou crioulo.

O Prémio Universidade de Lisboa, instituído com o apoio da Caixa Geral de Depósitos, na sua edição de 2019, foi atribuído pelo júri ao escritor Gonçalo M. Tavares.

“A sua obra literária é singular, impressiva no âmbito de tópicos e preocupações que versa, e objeto de um amplo reconhecimento internacional que excede o da quase totalidade de autores da sua geração em qualquer idioma”, salienta a Universidade.

A obra de Gonçalo M. Tavares, que também é professor na Universidade de Lisboa, está traduzida em praticamente todas as línguas europeias, bem como em, por exemplo, chinês, japonês, árabe, hebraico, hindu, ou crioulo.

O Prémio Universidade de Lisboa tem por objetivo distinguir uma individualidade de nacionalidade portuguesa ou estrangeira a trabalhar em Portugal há pelo menos cinco anos, cujos trabalhos de reconhecido mérito científico ou cultural tenham contribuído de forma notável para o desenvolvimento da Ciência ou da Cultura e para a projeção internacional do país.

O prémio tem o valor de 25 mil euros, sendo inteiramente suportado pela Caixa Geral de Depósitos.

Recomendadas

Restaurante Zazah. Quando a cozinha de fusão é uma batida do coração

A cozinha de autor do chef Christian é de fusão. Exemplo disso é um mega pastel de bacalhau recheado com um ovo (mal cozido) que é servido partido ao meio. Sim porque o conceito do Zazah, no Príncipe Real, é de partilha. O restaurante tem IVAucher.

Em dezembro serve-se “Contrapeso” em Loulé

A 1ª edição do Festival Contrapeso quer afirmar a vitalidade dos agentes culturais e diversificar a oferta cultural na cidade algarvia. Até dia 5 de dezembro as águas vão andar agitadas.

JNcQUOI lança livro de homenagem a Maria de Lourdes Modesto

Ao todo, são 258 páginas que enaltecem os melhores pratos criados por Maria de Lourdes Modesto. Este é um projeto de edição limitada a 500 exemplares e disponível para venda no JNcQUOI. As receitas revertem na íntegra para a Associação CARITAS.
Comentários