Governo aprova diploma que reforça proteção dos depósitos das grandes empresas

O próximo passo é submeter o diploma para apreciação parlamentar.

Cristina Bernardo

O Governo aprovou um diploma que pretende oferecer proteção adicional aos grandes depósitos, nas mãos das grandes empresas, noticia o “Jornal de Negócios” esta quinta-feira. O próximo passo é submeter o diploma para apreciação parlamentar.

A aprovação ocorreu há uma semana, em Conselho de Ministros, e vem responder a uma proposta feita pelo Banco de Portugal.

“No regime atual, gozam desta prioridade os depósitos abrangidos pelo Fundo de Garantia de Depósitos até 100 mil euros e os depósitos de pessoas singulares e micro/pequenas e médias empresas na parte que exceda os 100 mil euros”, explica o Ministério das Finanças ao diário de economia.

Agora, este diploma que está entregue a Ricardo Mourinho Félix, secretário de Estado Adjunto e das Finanças, propõe “que sejam seguidos por outros depósitos, nomeadamente depósitos das demais pessoas coletivas – outras empresas e também instituições do Estado – na parte que exceda 100 mil euros”.

Recomendadas

PR defende Lei de Bases da Saúde flexível e espera o maior acordo possível entre partidos

O chefe de Estado disse ainda esperar que haja “o maior acordo possível” entre os partidos na votação de uma Lei de Bases da Saúde “flexível”.

Marcelo afirma que “autonomia do Ministério Público é indiscutível”

O Presidente da República reagia assim à greve convocada hoje, pelo Sindicato dos Magistrados do Ministério Público, contra a intenção do PS e PSD de alteração na estrutura do Conselho Superior do Ministério Público, compondo-o maioritariamente por não magistrados.

PSD quer ouvir ministro do Ensino Superior sobre dificuldades financeiras nas universidades e politécnicos

Os sociais-democratas defendem que as universidades e politécnicos são fundamentais para o desenvolvimento territorial e uma asfixia a estas instituições significa penalizar a região.
Comentários