INE: Inflação sobe ligeiramente em agosto mas permanece negativa

A estimativa rápida do INE revelou que a taxa de inflação em agosto se fixou nos -0,1%, o que representa uma subida ligeira face ao mês anterior. A subida dos preços na restauração e hotelaria sustentaram esta evolução.

A taxa de inflação em Portugal permaneceu negativa nos -0,1% em agosto. Segundo a estimativa rápida do Instituto Nacional de Estatística (INE) a inflação subiu ligeiramente face a julho, mês em que a inflação chegou aos -0,3%.

O INE revela que esta evolução se deve, em parte, à recuperação dos preços da classe dos restaurantes e hotéis, verificando-se, em sentido contrário, uma quebra de preços dos combustíveis mais significativa em agosto do que no mês anterior.

A estimativa rápida aponta que o indicador de inflação subjacente terá subido para 0,2%, tendo sido de -0,1% no mês anterior. A taxa de variação homóloga do índice relativo aos produtos energéticos terá diminuído para -3,5%, sendo que em julho, esta taxa foi -2,8%.

A variação mensal do Índice Preço no Consumidor terá sido -0,1% (em julho, o valor apurado foi -1,3% e em agosto de 2018 tinha sido -0,3%), estimando-se uma variação média nos últimos doze meses de 0,6%, taxa inferior em 0,1 ponto percentual (p.p.) ao registado no mês precedente.

O Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) português terá registado uma variação homóloga de -0,1% (-0,7% em julho).

Relacionadas

Restaurantes e hotéis levam inflação a cair para -0,3% em julho

Esta percentagem representa uma taxa de variação homóloga inferior em 0,7 pontos percentuais em relação ao mês anterior, confirmou esta segunda-feira o INE. Evolução deve-se em grande parte ao contributo da variação negativa dos preços dos setores dos restaurantes e hotéis.
Recomendadas

Wall Street fecha sem direção definida

A guerra comercial entre os Estados Unidos e a China continua a fazer estragos nos mercados mobiliários. O dia foi pautado por notícias contraditórias sobre a matéria.

Gás natural garante qualidade do ar, sustentam estudos espanhóis

Para a preparação do relatório geral, que engloba os 30 estudos diferentes, foram utilizadas metodologias que comprovaram as medições relativamente às emissões atmosféricas de diferentes tipos de veículos

António Costa reconhece negociações difíceis para novo Quadro Comunitário de Apoio

O primeiro-ministro alerta que está em curso na União Europeia a criação de um instrumento de orçamento para a convergência e competitividade que deverá ter um bolo de cerca de 22 mil milhões de euros, a que Portugal tem condições especiais para se candidatar.
Comentários