Investimento francês em Portugal vai estar em destaque

A iniciativa vai contar com a presença do ministro francês da Economia e do primeiro-ministro português, António Costa.

No âmbito da 5ª Conferência Franco-Portuguesa, diversos empresários e governantes vão debater hoje, em Lisboa, o contributo do investimento francês em Portugal.

Dedicada ao tema “Marca Portugal: o contributo das empresas francesas”, a conferência decorre hoje na Culturgest, em Lisboa, com a presença do Primeiro-Ministro, António Costa, e do Ministro Francês da Economia e das Finanças, Michel Sapin, entre outras individualidades.

A Embaixada de França em Portugal, a seção portuguesa dos Conselheiros do Comércio Externo de França e a Câmara de Comércio e Indústria Luso-Francesa organizam esta quinta edição da Conferência Franco-Portuguesa.

Dirigida à comunidade empresarial franco-portuguesa e à administração pública, com o objetivo de dar a conhecer o investimento francês em Portugal, esta conferência contará com a presença do Primeiro-Ministro, António Costa; do Ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral; do Ministro Francês da Economia e das Finanças, Michel Sapin; do Embaixador de França, Jean-Michel Casa; do presidente da Caixa-Geral de Depósitos, Paulo Macedo; e do presidente dos Conselheiros do Comércio Externo de França em Portugal, Pierre Debourdeau; entre outras individualidades.

“No decorrer do encontro será apresentado um estudo que destaca o investimento francês em Portugal em todas as suas dimensões, desde a indústria aos serviços, e que será apresentado por Diogo da Silveira, CEO da The Navigator Company e vice-presidente dos Conselheiros do Comércio Externo de França em Portugal, e Serge Le Bolès, diretor-geral do BNP Paribas Personal Finance”, adianta um comunicado da organização do evento.

Para aprofundar o tema central da conferência – “Marca Portugal: o contributo das empresas francesas” –  o evento irá também contar com a intervenção de várias empresas representativas de diferentes setores de atividade, com o objetivo de abordar o aumento da capacidade industrial no ‘cluster’ automóvel, a requalificação da cadeia de valor no setor agrícola, o investimento em TIC portuguesas e nas infraestruturas de transporte e o dinamismo do ecossistema de ‘startups’.

Uma mesa redonda irá detalhar casos de sucesso como as Fromageries Bel Portugal, Renault Portugal, Vinci Energies e Jungle Project.

Irá também haver uma apresentação do Vinci Group, detentor da concessão da ANA, por parte do seu CEO, Nicolas Notebaert.

O encerramento da conferência será feito por Miguel Frasquilho, ainda presidente da AICEP.

O primeiro-ministro António Costa estará presente no almoço de encerramento.

 

Ler mais
Recomendadas

Farfetch escolhe mais sete startups para acelerar e uma delas é portuguesa

O programa de empreendedorismo da tecnológica contará, na terceira edição, com a BECOCO, Brandpoint Analytics, Change of Paradigm, Inline Digital, Mirow, Personify XP e a Springkode.

Novo Banco faz fusão por incorporação com BES das Ilhas Caimão

Contactada pela Lusa, fonte oficial do Novo Banco confirmou a informação, explicitando que se trata de uma fusão por incorporação.

BCP ficou com 10,9% na Inapa que quer vender no mercado

O BCP ficou diretamente (sem contar com a participação do Fundo de Pensões) com 10,88% da Inapa que quer vender no mercado paulatinamente, para não perturbar a bolsa.
Comentários