Já abasteceu? Gasóleo volta a subir amanhã

Já o preço da gasolina vai recuar pela primeira vez em 11 semanas, na segunda-feira.

Os combustíveis vão seguir em direções opostas na próxima semana, depois deste domingo de Páscoa: gasolina desce, gasóleo sobe. Amanhã, a gasolina vai descer pela primeira vez em onze semanas, ate meio cêntimo. Já o gasóleo sobe pela quarta semana, até 0,5 cêntimos, apurou o Jornal Económico junto de fontes do setor.

A atualização do preçário surge após dias marcados por uma crise dos combustíveis em Portugal, devido à greve dos motoristas de transporte de matérias perigosas. Na quarta-feira, em plena crise energética, os 2.776 postos registados na plataforma ‘Já não dá para abastecer’, registavam a falta de um dos dois combustíveis: ou gasolina, ou gasóleo. Este número é particularmente impressionante devido aos cerca de 3.000 postos que existem na totalidade em Portugal.

A última semana,  com muitos portugueses a irem para a estrada devido às férias da Páscoa, ficou marcada por ser a décima semana consecutiva de aumentos para a gasolina, que renovou máximos de cinco meses, segundo dados da Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG). No caso do gasóleo, foi a terceira semana seguida de aumentos.

Recomendadas

Preços de Transferência: Qual o papel dos prestadores de serviços na ajuda às multinacionais

Criação de valor com os preços de transferência está na ordem do dia. As empresas que querem vir a internacionalizar não podem descurar esta dinâmica. As consultoras estão atentas a esta matéria fiscal com o objetivo de obterem os melhores resultados para os clientes.

Marcelo não se pronuncia sobre crédito da Caixa a Isabel dos Santos

“Não comento casos específicos nesse domínio, como noutros”, disse Presidente da República, questionado sobre as notícias do empréstimo de 125 milhões de euros pela Caixa Geral de Depósitos (CGD) a Isabel dos Santos, sem que a instituição tenha avaliado se a empresária tinha capacidade financeira para pagar.

“Quem não for votar, não diga que outros acabaram por fazer escolhas que não aquelas que queriam”, diz Marcelo

Presidente da República apelou à participação eleitoral este domingo e defendeu que “o voto é de cada qual e desperdiça-lo é verdadeiramente, em todos os momentos, mas agora em particular, um erro enorme”.
Comentários