“Jogo Económico”. “SuperLiga? Aqui no Brasil tentam o mesmo de cinco em cinco anos”

O modelo da SuperLiga Europeia foi alvo de debate no Brasil e este é um formato estudado por vários emblemas deste país. Felipe Ximenes, gestor desportivo, executivo do Avaí Clube e organizador do evento Global Football Management que irá ter lugar em Lisboa a 12 e 13 de outubro, deu a sua perspetiva sobre este tema na última edição do programa da JE TV.

O impacto da tentativa de criação da SuperLiga Europeia teve eco no Brasil, país onde, de cinco em cinco anos, é feita uma tentativa para implementar um modelo semelhante.

O modelo da SuperLiga Europeia foi alvo de debate no Brasil e este é um formato estudado por vários emblemas deste país. Felipe Ximenes, gestor desportivo, executivo do Avaí Clube e organizador do evento Global Football Management que irá ter lugar em Lisboa a 12 e 13 de outubro, deu a sua perspetiva sobre este tema na última edição do programa da JE TV.

A 12 de abril, os principais clubes de Espanha, Inglaterra e Itália anunciaram a criação de uma competição de elite, concorrente da Liga dos Campeões, em oposição à UEFA, às federações nacionais e a vários outros emblemas.

AC Milan, Arsenal, Atlético de Madrid, Chelsea, FC Barcelona, Inter Milão, Juventus, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Real Madrid e Tottenham “uniram-se na qualidade de clubes fundadores” da Superliga

Relacionadas

Das redes sociais à internacionalização. Que desafios globais para a gestão do futebol? Veja o “Jogo Económico”

Acompanhe o “Jogo Económico” na plataforma multimédia JE TV, através do site e das redes sociais do Jornal Económico.
Recomendadas

Pedro Dias, diretor da FPF para o futsal, distinguido como gestor desportivo do ano

O dirigente federativo responsável pelo futsal, modalidade onde Portugal é campeão europeu e mundial, destacou, em declarações ao site da FPF, que “os resultados alcançados pelo futsal a nível internacional e que colocam Portugal como a maior potência desportiva mundial. Galardão foi atribuído pela Associação Portuguesa de Gestão do Desporto

PremiumAbel bicampeão. Isto sim, não se voltará a ver nos próximos 50 anos

Daqui a 50 anos, vão lembrar-se que foi um português que conquistou a Libertadores”. Na véspera do último dia de 2019, Jorge Jesus era exultado pelo país futebolístico, levado “em ombros” por uma onda mediática de enormes proporções (horas e horas de diretos e peças jornalísticas).

Milhões da Champions, empréstimo obrigacionista e compra de dívida: que impacto nas contas do Sporting? Veja o “Jogo Económico”

O Sporting é, neste momento, o clube português que mais lucrou na Liga dos Campeões: 45,01 milhões de euros dos 130,9 milhões ganhos por clubes portugueses nesta Liga. Que impacto pode ter o empréstimo obrigacionista e a compra da dívida nas contas da SAD. Tudo para ver na edição desta semana do “Jogo Económico”.
Comentários