Joias rastreáveis rumo à sustentabilidade

A TOUS, marca espanhola do segmento de luxo acessível, lança a sua segunda coleção em parceria com a Tracemark, empresa pioneira em garantir a rastreabilidade completa das peças de joalharia.

A TOUS, marca espanhola de joias e acessórios para o segmento de luxo acessível, avança com a sua estratégia de sustentabilidade e anuncia o lançamento da sua segunda coleção em parceria com a Tracemark, empresa pioneira em garantir a rastreabilidade completa das joias e que trabalha com empresas certificadas pelo Conselho de Joalharia Responsável (RJC). A segunda coleção, Hav em ouro e diamantes, é uma versão delicada da Hav, composta por sete pedras preciosas intemporais em formas envolventes e curvas subtis que combinam o ouro amarelo e branco com um pavimento de diamantes.

Esta segunda coleção estará disponível a partir desta segunda-feira em cinco mercados – Espanha, Portugal, México, Peru e Rússia – com as mesmas características da primeira coleção: os clientes terão um código alfanumérico gravado nas peças e um código QR na etiqueta. Podem ser utilizados para aceder ao painel de rastreabilidade personalizado e interativo da Tracemark para descobrir a proveniência dos materiais, os processos de fabrico de cada joia e as certificações que provam a conformidade com as normas éticas e de sustentabilidade, bem como para dar detalhes sobre os materiais. Tudo isto proporciona a certeza de que esta informação foi verificada por um auditor independente de renome internacional, a International Associates.

Desta forma, os clientes poderão verificar que o ouro e os diamantes da coleção têm uma proveniência ética e responsável. No que diz respeito ao ouro, este provém das refinarias da Cadeia de Custódia. A distinção, atribuída pelo Conselho de Joalharia Responsável (RJC), mostra que provém de fontes verificadas, seguindo as melhores práticas ambientais internacionais e padrões sociais reconhecidos em todo o mundo.

Recomendadas

Restaurante Zazah. Quando a cozinha de fusão é uma batida do coração

A cozinha de autor do chef Christian é de fusão. Exemplo disso é um mega pastel de bacalhau recheado com um ovo (mal cozido) que é servido partido ao meio. Sim porque o conceito do Zazah, no Príncipe Real, é de partilha. O restaurante tem IVAucher.

Em dezembro serve-se “Contrapeso” em Loulé

A 1ª edição do Festival Contrapeso quer afirmar a vitalidade dos agentes culturais e diversificar a oferta cultural na cidade algarvia. Até dia 5 de dezembro as águas vão andar agitadas.

JNcQUOI lança livro de homenagem a Maria de Lourdes Modesto

Ao todo, são 258 páginas que enaltecem os melhores pratos criados por Maria de Lourdes Modesto. Este é um projeto de edição limitada a 500 exemplares e disponível para venda no JNcQUOI. As receitas revertem na íntegra para a Associação CARITAS.
Comentários