Madeira: Aliança defende redução de benefícios pessoais a titulares de cargos públicos

A Aliança apresentou medidas para a organização do Estado. O partido quer uma “definição clara” das orientações estratégicas para a legislatura, levando em conta os fundos comunitários e os orçamentos nacionais e regionais. outra das proposta passa pela gestão “coerente e racional” dos fundos públicos.

A Aliança apresentou as suas medidas para a organização do Estado. Uma delas passa pela redução dos benefícios pessoais concedidos a titulares de cargos públicos e a gestão coerente e racional dos fundos públicos.

O partido quer criar a Inspeção Regional da Madeira, agregando todas as inspecções na dependência das secretarias, e ainda o Programa Regional de Combate ao Assédio Moral.

Das proposta de organização do Estado, a Aliança ainda propõe a reformulação da avaliação dos funcionárias públicos, a transferência dos organismos do estado de espaços privados para espaços públicos disponíveis, e ainda a contratação de dirigentes públicos qualificados e profissionais, que deve ser feita de “modo transparente” desde a abertura do procedimento até à publicação dos resultados.

A Aliança quer ainda uma “definição clara” das orientações estratégicas de legislatura, levando em conta os fundos comunitários disponíveis e também os orçamentos nacionais e regionais.

Recomendadas

Convenção BE Madeira: O que defende Tiago Camacho

O candidato à coordenação do BE Madeira defende na moção que a coligação na Câmara Municipal do Funchal é para manter, e que é necessária existir uma reformulação dos bloquistas madeirenses, acrescentando que o partido deve mostrar que é “real alternativa de governo”.

Como poupar na utilização do carro

Escolha um modelo adaptado às suas necessidades. Não escolha um carro grande, se não precisa, pois consome até 50% mais combustível do que os modelos mais pequenos.

BE Madeira prepara convenção de março com dois candidatos à liderança

Os candidatos à coordenação do BE Madeira são Paulino Ascensão, atual líder dos bloquistas regionais, e Tiago Camacho. A convenção está prevista para 7 de março.
Comentários