Mais seis casos de Covid-19 em Cabo Verde aumentam total para 542

Dos novos casos, cinco são da ilha de São Vicente, que eleva o total para nove, e o outro foi diagnosticado em Santa Catarina de Santiago, que torna-se no oitavo município do país com casos confirmados da doença.

Fernando de Pina / Lusa

Cabo Verde registou este sábado mais seis casos de infeção pelo novo coronavírus, cinco em São Vicente e um em Santa Catarina de Santiago, elevando o total acumulado para 542 desde 19 de março, segundo atualização oficial. De acordo com atualização feita hoje na página oficial do Governo (covid19.cv), o país passou a ter 452 casos, mais seis do que no dia anterior.

Dos novos casos, cinco são de São Vicente, que eleva o total para nove, e o outro foi diagnosticado em Santa Catarina de Santiago, que torna-se no oitavo município do país com casos confirmados da doença.

Em comunicado, o Ministério da Saúde e da Segurança Social, informou que os cinco casos em São Vicente são importados da ilha do Sal e que oito das amostras foram realizadas no laboratório de virologia em São Vicente, inaugurado na sexta-feira.

Na atualização feita hoje, não é anotado nenhum caso na cidade da Praia, o foco principal da doença, que, excetuando os três dias em que o laboratório esteve inativo na semana passada, faz com que a capital do país não regista casos diários 19 dias depois, e mantém os 450 acumulados.

Com estes novos seis casos, Cabo Verde passa a contabilizar 542, desde 19 de março, distribuídos pelas ilhas de Santiago (469), Boa Vista (56), São Vicente (09) e Sal (08).

Do total de casos registados, contabilizam-se cinco óbitos, dois doentes foram transferidos, 240 recuperados e o país tem neste momento 295 doentes internados nos isolamentos institucionais.

“Os doentes com infeção ativa continuam em isolamento e com evolução favorável de momento”, lê-se na nota, assinada pelo ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, que reforçou o apelo para as pessoas ficarem em casa e tomem os “devidos cuidados” para evitar a propagação da covid-19.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 392 mil mortos e infetou mais quase 6,7 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 2,8 milhões de doentes foram considerados curados. A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Ler mais
Recomendadas

Número de pessoas infetadas em Angola sobe para os 462

O secretário de Estado indicou que a percentagem de testes reativos é inferior ao que era previsto, sendo a maior parte pessoas que expressaram imunidade e “poucas pessoas que estão em fase ativa da doença”.

Pandemia está a atingir a velocidade máxima em África

A pandemia está a atingir a velocidade máxima e, por isso, gostaria de fazer um apelo ao continente: temos de ser corajosos, arrojados e deliberados na implementação de medidas se saúde publica de forma generalizada”, disse John Nkengasong, diretor do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças da União Africana.

Banco Africano aprofunda previsão de recessão para até 3,4% este ano

O banco estima agora uma recessão de 1,7% até 3,4%, dependendo do cenário médio ou mais gravoso, e uma recuperação de entre 2,4% a 3% no próximo ano.
Comentários