Manchester City atualiza acordo com Alipay e reforça presença no mercado chinês

O Manchester City tem trabalhado com a Alibaba há quase dez anos. Durante esse tempo, o clube lançou uma página de vídeo oficial no Yoku – plataforma de ‘streaming’ da multinacional chinesa criada em 2013.

Joao Cancelo (Manchester City)

A equipa dos portugueses Bernardo Silva, Rúben dias e João Cancelo anunciou uma atualização do acordo que mantém com a plataforma de comércio eletrónico Alipay (propriedade da Aliababa) para reforçar a presença no mercado chinês, segundo o portal “Palco 23”.

O acordo inclui o lançamento de um portal de comércio eletrónico, dentro da plataforma chinesa, totalmente dedicado ao Manchester City, onde estarão disponíveis conteúdos relacionados com o clube e também “experiências digitais” para os fãs chineses, como concursos onde os vencedores poderão ganhar camisolas e bilhetes para os jogos dos ‘citizens’.

O Manchester City tem trabalhado com a Alibaba, dona da Alipay, um gigante chinês do comércio eletrónico e da tecnologia fundado em 1999 por Jack Ma, entre outros empresários, há quase dez anos. Durante esse tempo, o clube lançou uma página de vídeo oficial no Yoku – plataforma de streaming da Alibaba criada em 2013.

O acordo com a Alipay expande assim a atividade do grupo skyblue na China. O clube possui atualmente contas oficiais em várias plataformas do país, um site oficial em chinês e um clube oficial de fãs chineses.

Recomendadas

Governo aprovou pacote de incentivos de 65 milhões de euros para estimular desporto nacional

“Estou em crer que, na próxima semana, apresentarei à tutela a versão para que os clubes possam, o mais rapidamente possível, vir a beneficiar” deste apoio, disse o secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, acrescentando que, no início de junho, o financiamento deverá estar no terreno.

PremiumAlgarve: Grandes Prémios de Fórmula 1 e MotoGP ainda podem vir a ter público nas bancadas

Afinal, o processo não está fechado e ainda há a hipótese de os Grandes Prémios de Fórmula 1 e de Motociclismo terem público nas bancadas. Tudo depende das negociações que o Jornal Económico sabe que continuam a decorrer entre o Turismo do Algarve, a Câmara Municipal de Portimão, o Autódromo Internacional do Algarve, a Autoridade de Saúde Regional do Algarve, a Direção Geral da Saúde, o Turismo de Portugal e a Secretaria de Estado do Turismo. Estão em causa receitas globais na ordem dos 80 milhões de euros para a região e para o país.

e-sports, bullying e abuso sexual: que desafios tem o Direito do Desporto? Veja o “Jogo Económico”

Nesta edição do “Jogo Económico”, o ex-secretário de Estado do Desporto e membro do comité de ‘governance’ e ‘compliance’ da UEFA, irá falar sobre Direito do Desporto e se este setor está bem salvaguardado em Portugal.
Comentários