Marcelo sobre caso BES: “Estamos a viver um bom período para a justiça portuguesa”

Marcelo Rebelo de Sousa garantiu ainda que são boas notícias que “o caso Tancos já foi a julgamento” e a “Operação Marquês está para despacho final sobre a instrução que determina ou não o envio para julgamento”.

Miguel Figueiredo Lopes/Presidência da República handout via Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, assegurou que a justiça portuguesa está a viver “um bom período” quando questionado sobre a acusação do caso BES, depois do encontro da juventude, em Belém, que se realizou esta quarta-feira, 15 de julho.

“Estamos a viver um bom  período para a justiça portuguesa e o Presidente da República fica muito feliz com isso, várias vezes em discursos mostrei a minha preocupação sobretudo na abertura de anos judiciais com aquilo que na cabeça de muitos portugueses era uma preocupação, com casos que os portugueses achavam que era importante serem investigados, julgados e decididos”, referiu.

Marcelo Rebelo de Sousa lembrou que “passava-se uma legislatura, um mandato, dois mandatos” até que fossem tomadas decisões no tribunal, algo que mudou recentemente.

“Tivemos boas notícias nos últimos tempos, o caso Tancos que já foi a julgamento, é uma boa notícia, a Operação Marquês está para despacho final sobre a instrução que determina ou não o envio para julgamento, a concretização deste despacho é uma boa noticia, a dedução da acusação no caso BES é uma boa notícia”, apontou Marcelo Rebelo de Sousa.

O Presidente da República classificou ainda como positivo “continuar uma investigação mesmo sobre magistrados para precisamente mostrar que quem não deve não teme”.

O Ministério Público acusou 18 pessoas no caso do Banco Espírito Santo e sete empresas, concluindo que foram cometidos crimes com prejuízos no valor dos 11,8 mil milhões de euros. Ricardo Salgado vai enfrentar o julgamento pela queda de um dos maiores grupos económicos portugueses.

Ler mais
Relacionadas

Lesados do BES vão colocar centenas de ações a exigir indemnizações por danos morais a Salgado

Segundo o advogado afirmou, alguns clientes seus irão constituir-se assistentes “para auxiliar o juiz de instrução na obtenção de provas” e que entre 1.300 a 1.500 pessoas que representa irão constituir-se como demandantes cíveis.

MP acusa Ricardo Salgado e outros administradores do BES de terem dado ordens para fundos comprarem 730 milhões em dívida do GES em quatro meses, apesar da proibição do BdP

Segundo o Ministério Público (MP), quatro administradores do BES deram ordens para que dois fundos comprassem 730 milhões de euros de dívida do GES no espaço de apenas quatro meses em 2014, apesar do BdP já ter decretado esta proibição na altura, “assim permitindo a violação daquela determinação”, segundo a acusação.
Recomendadas

Rainha de Inglaterra resgatada pelo governo britânico para compensar desvalorização de património

O governo de Boris Johnson vai mesmo avançar com o resgate financeiro ao património imobiliário da rainha de Inglaterra, depois deste ter desvalorizado 590 milhões de euros, fruto da pandemia de Covid-19.

Presidenciais: Paulo Pedroso na “estrutura organizativa” da candidatura de Ana Gomes

O ex-ministro do Trabalho Paulo Pedroso vai integrar a “estrutura organizativa” da candidatura de Ana Gomes a Presidente da República, confirmou hoje a própria numa declaração à agência Lusa.

André Ventura: “PSD sozinho não vai conseguir formar governo. Nessa altura vai ligar-nos”

Em entrevista à Antena 1, o líder eleito do Chega acredita que o seu partido vai conseguir ser governo sozinho, com o CDS a desaparecer e o PSD a perder influência. Até lá, e se o PSD precisar de um parceiro de Governo, André Ventura acredita que vai receber uma chamada de Rui Rio.
Comentários