Meghan Markle é editora da Vogue britânica de setembro e foca-se em “mulheres que admira”

A publicação britânica avança que o convite foi feito pelo próprio editor, Edward Enninful, que revelou que a duquesa recusou aparecer na capa porque iria fazê-la sentir “arrogante”. Assim, Meghan Markle preferiu “focar-se nas mulheres que admira”.

Mulheres que são forças da natureza: assim é a nova capa da Vogue britânica. Sendo que a edição do mês de setembro é a mais importante do ano, este número conta com Meghan Markle, duquesa de Sussex, como editora convidada.

A própria publicação britânica avança que o convite foi feito pelo próprio editor, Edward Enninful, que revelou que a duquesa recusou aparecer na capa porque iria fazê-la sentir “arrogante”. Assim, Meghan Markle pretendeu “focar-se nas mulheres que admira”. Segundo a Vogue, os dois estão reunidos desde janeiro a tratar desta edição dedicada a “forças de mudança”, que é também o título da revista.

Recusando o convite para aparecer na capa, a duquesa reuniu várias mulheres que considera terem alterado o paradigma do que é ser mulher. Jane Fonda, Greta Thunberg e Jacinda Ardern são apenas algumas personalidades que surgem na capa composta por 15 “forças de mudança”.

Dentro da própria revista, Meghan Markle aborda uma conversa que teve com a ex-primeira dama dos Estados Unidos da América Michelle Obama, e com a primatóloga Dra. Jane Goodall.

“Estes últimos sete meses têm sido um processo gratificante, de curadoria e de colaboração com Edward Enninful, editor da Vogue britânica, para liderar a edição de moda mais lida do mundo e direcionar o seu foco para os valores, causas e pessoas que causam impacto no mundo de hoje”, revelou a duquesa.

View this post on Instagram

Introducing the September 2019 issue of #BritishVogue, guest-edited by HRH The Duchess of Sussex @SussexRoyal. Entitled #ForcesForChange, the cover features 15 world-leading women who are reshaping public life for global good, and were personally chosen by The Duchess of Sussex, and British Vogue’s editor-in-chief @Edward_Enninful. The 16th slot – which, in print, appears as a mirror – is intended by The Duchess to show how you are part of this collective moment of change too. Click the link in bio to read about how The #DuchessOfSussex became the first guest editor of the September issue in the magazine’s 103-year history. Photographed in New York, Stockholm, London and Auckland by @TheRealPeterLindbergh, with fashion editors @Edward_Enninful and @TheRealGraceCoddington, hair by @BartPumpkin and @SergeNormant, make-up by @TheValGarland and @Diane.Kendal, nails by @LorraineVGriffin and @YukoTsuchihashi. On newsstands Friday 2 August. Starring: @AdwoaAboah @AdutAkech @SomaliBoxer @JacindaArdern @TheSineadBurke @Gemma_Chan @LaverneCox @JaneFonda @SalmaHayek @FrankieGoesToHayward @JameelaJamilOfficial @Chimamanda_Adichie @YaraShahidi @GretaThunberg @CTurlington

A post shared by British Vogue (@britishvogue) on

A ex-atriz foi a primeira pessoa a coordenar a edição de setembro. “Ter o mais influente marco de mudança do país convidado na edição britânica da Vogue foi uma honra, um prazer e uma surpresa maravilhosa”, afirmou Edward Enninful.

Nesta edição, surgem Adwoa Aboah, ativista de saúde mental, Adut Akech, antiga refugiada e modelo, Ramla Ali, antiga refugiada e pugilista, Jacinda Ardern, primeira-ministra da Nova Zelândia, Sinéad Burke, defensora da diversidade e oradora em conferências, Gemma Chan, atriz e ativista, Laverne Cox, ativista dos direitos LGBT+, atriz e produtora, Jane Fonda, atriz e ativista.

Na capa aparecem ainda figuras como a atriz, produtora e ativista de direitos femininos Salma Hayek Pinault, Francesca Hayward, bailarina principal da Academia Real de Ballet, Jameela Jamil, atriz e ativista de defensora da positividade corporal, Chimamanda Ngozi Adichie, escritora, Yara Shahidi, fundadora da plataforma ‘Eighteenx18’ e atriz, Greta Thunberg, ativista das alterações climáticas, Christy Turlington Burns, fundadora da plataforma ‘Every Mother Counts’ e modelo.

Além destas mulheres que Meghan Markle considera poderosas, aparece um espaço em branco no sétimo lugar. A duquesa de Sussex decidiu incluir um espelho na capa da edição de setembro de forma a incluir o próprio leitor e incentivá-lo a utilizar as suas próprias plataformas para efetuar a mudança.

Ler mais
Recomendadas

Pedro Cabrita Reis celebra 20 anos em Serralves com estrutura que usa materiais Sonae Arauco

A Sonae Arauco patrocina a exposição de Pedro Cabrita Reis, através da oferta de placas de MDF Hidrófugo, que foram utilizadas e transformadas pelo artista numa estrutura agora exposta até 22 de março de 2020.

Ilhas Faroé estarão “fechadas para manutenção” num fim de semana em 2020

O arquipélago dinamarquês encontrou uma solução para o problema do turismo de massa: fechar o acesso aos visitantes e receber apenas voluntários que participem em projetos de preservação do meio ambiente. A iniciativa, com duração de dois dias, será realizada anualmente.

PremiumQuando Lisboa era um “antro de espiões”

Os Aliados operaram em território português, na Segunda Guerra Mundial, para manterem Portugal (e Espanha) distantes dos nazis. Um esforço, relatado por Mark Simmons em “Operação Ibéria”, que incluiu Salazar, Franco e o banqueiro Ricardo Espírito Santo.
Comentários