Morreu a artista plástica Helena Almeida

Helena Almeida iniciou a sua carreira no final da década de 1960 e é uma figura incontornável no panorama artístico português contemporâneo.

É uma das mais importantes artistas plásticas portugueses, e segundo o Jornal Público morreu ontem, aos 84 anos.

Helena Almeida iniciou a sua carreira no final da década de 1960 e é uma figura incontornável no panorama artístico português contemporâneo.

Uma grande retrospetiva da sua obra, intitulada “A minha obra é o meu corpo, o meu corpo é a minha obra”, foi exposta no Museu de Serralves, Porto (2015), em Paris (2016) e Bruxelas.

Em 2018 a sua obra está em destaque na Tate Modern, em Londres, “num espaço focado na relação entre o indivíduo e a obra da arte”, lê-se na Wikipédia, e é apresentada a peça em fotografia “Tela Habitada” e a série “Desenho (com pigmento)”.

A confirmação da morte da artista foi feita pela sua curadora Isabel Carlos.

Recomendadas

Ainda não sabe onde passar a passagem de ano? Aproveite estas viagens ‘lowcost’

Se ainda não tem planos para a passagem ano, considere estas viagens económicas para uma entrada em 2019 com muita festa (e sem precisar de esvaziar a carteira).

Já comprou os presentes de Natal? Eis algumas sugestões

Da prenda mais clássica à mais inesperada, o Natal quer-se eclético, bem disposto, colorido e, acima de tudo, passado com quem mais gostamos. A redação do Jornal Económico escolheu brinquedos, relógios, perfumes entre outras lembranças. Aproveite as sugestões e Boas Festas!
Comentários