PremiumMota-Engil lidera corrida para linha circular do Metro de Lisboa

Construtora ganhou em todos os critérios do concurso para a obra entre a estação de Santos e a do Cais do Sodré. Preço proposto foi de 73,5 milhões.

O consórcio da Mota-Engil e Spie Batignolles ficou classificado em primeiro lugar em todos os critérios de avaliação do concurso para o lote 2 da linha circular do Metro de Lisboa, respeitante à execução dos toscos entre a estação de Santos e do Cais do Sodré, devendo ser o vencedor desta empreitada. Segundo o relatório preliminar do júri deste concurso, a que o Jornal Económico teve acesso, o consórcio liderado pela Mota-Engil ganhou nos critérios do preço (ponderação de 50%), prazo (9%) e valia técnica da proposta (41%), tendo apresentado um preço de 73,5 milhões de euros, mais IVA, e proposto um prazo de 960 dias para execução dos respetivos trabalhos.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

“Graças à inovação na agricultura, Portugal reduziu em 400 milhões o seu défice alimentar”, diz António Costa

O primeiro-ministro esteve presente por videoconferência na apresentação do ‘Ambição Agro 2020-30’, e fez questão de frisar que a agricultura é uma atividade virada para o futuro e não do passado.

SIC já entregou processo contra Cristina Ferreira em que reclama indemnização de 20 milhões

A SIC já deu entrada com um processo contra a apresentadora e diretora de ficção e entretenimento da TVI, Cristina Ferreira, no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa, para o pagamento de uma indemnização de 20 milhões de euros.

AEP defende corte de dois pontos no IVA para OE2021

De acordo com o presidente da AEP, Luís Miguel Ribeiro, as propostas agora apresentadas “apontam medidas concretas e são fruto de análise com base no ‘feedback’ que recebemos dos nossos associados”.
Comentários