Na China todos querem ser o próximo Elon Musk

A Tesla está a recrutar colaboradores na China. Por outro lado, as empresas chinesas estão a contratar na fabricante norte-americana.

Uma cerimónia recente em Shangai contou com a presença do CEO, Elon Musk, e marcou o início das obras da próxima fábrica norte-americana neste país. Enquanto isso, no reduto da Tesla, nos Estados Unidos, uma dúzia de fabricantes de carros elétricos financiados por chineses estão a recrutar antigos colegas de Musk.

Estas empresas, algumas das quais ainda não venderam um único carro, estão a comprar fábricas, a produzir protótipos e a abrir escritórios em São Francisco. A contratação de um executivo da Tesla é, inclusivé, motivo para lhe dar um prémio financeiro extra.

“Todos querem ser o próximo Elon Musk. O Elon Musk da China”, disse Martin Eberhard, um dos fundadores da fabricante norte-americana, citado pela Bloomberg. Até ao momento, a empresa que mais funcionários ex-Tesla contratou é a Faraday Futures, uma startup formada pelo empresário Jia Yueting. Uma procura no Linkedin mostra que pelo menos 70 funcionários da Faraday mencionaram a Tesla no seu currículo.

De acordo com a Bloomberg, a contratação destes profissionais tornou-se mais fácil depois de Musk ter começado a demitir alguns executivos de topo.

Relacionadas

Tesla reduz preço do Modelo 3 na China pela terceira vez em dois meses

De acordo com o site chinês da fabricante de carros elétricos da Califórnia, os preços de alguns carros do Modelo 3 foram reduzidos até 7,6%. Atualmente este automóvel custa no país asiático 63 mil euros.

Tesla baixa preços dos carros da China

O objetivo da decisão de Elon Musk passa por minimizar o impacto das tarifas da guerra comercial no bolso dos clientes.

Tesla expõe Model 3 pela primeira vez em Portugal, mas entregas só começam em 2019

O novo sedan familiar da Tesla, o Model 3, chegou a Portugal esta quarta-feira, e está exposto no showroom da Tesla Portugal, no El Corte Inglés, em Lisboa.
Recomendadas

Fase da licitação principal do leilão do 5G atinge 196 milhões de euros

Valor total das propostas dos operadores supera o preço base de referência (195,9 milhões) para os 54 lotes de frequências em leilão, nesta fase. Face às licitações de quarta-feira, as propostas subiram em cerca de 1,9 milhões de euros. Há ainda um lote que ainda não foi licitado.

Produção da EDP Renováveis recuou 5% em 2020

A Europa registou uma queda de 15%, com a América do Norte a ter uma subida de 6%. Com 12,2 gigawatts de capacidade instalada, a EDP Renováveis tem atualmente 2,3 GW de nova capacidade em construção: 1.648 MW de eólico em terra, 404 MW de solar fotovoltaico e 269 em participações em projetos offshore.

EDP Renováveis marca Assembleia para ratificar novos administradores para 22 de fevereiro

A AG irá ainda fixar o número de membros do Conselho de Administração em 12.
Comentários