O ano ainda não acabou e a Autoeuropa já atingiu um novo recorde de produção

A fábrica portuguesa da alemã Volkswagen vai fechar 2019 com mais de 250 mil automóveis produzidos. A Autoeuropa já é a quinta maior fábrica do grupo Volkswagen na produção anual de veículos de passageiros, excluindo a China.

Ainda falta mais de um mês para o ano acabar e a Autoeuropa já atingiu um novo recorde de produção. A fábrica portuguesa da Volkswagen atingiu a 13 de novembro um total de 226.972 unidade produzida, segundo comunicado da Autoeuropa. Em 2018, a fábrica de Palmela produziu um total de 223.200 unidades.

“Trata-se de mais um marco histórico na vida da empresa, que emprega atualmente cerca de 5.600 colaboradores e da qual saem diariamente mais de 890 unidades por dia”, segundo o comunicado.

A fábrica prevê terminar o ano com mais de 254 mil unidades produzidas, o que vai colocar a Autoeuropa como a quinta maior fábrica em termos de produção anual entre as dezasseis do grupo Volkswagen que produzem veículos de passageiros, excluindo a China.

Este marco “contribui significativamente para que a produção automóvel nacional ultrapasse pela primeira vez este ano as 300.000 unidades”, de acordo com a empresa. Em Palmela, são produzidos os modelos T-Roc, Sharan, assim como o Seat Alhambra.

Entre estas 16 fábricas, a Volkswagen Autoeuropa “ocupa atá ao momento o primeiro lugar da chamada race4Transformation, uma competição interna que avalia o cumprimento do programa diário de produção, a produtividade, os custos de fabricação e a qualidade nos
clientes”.

O diretor-geral da Autoeuropa, Miguel Sanches, destaca que “este é o resultado de tudo o que foi planeado e executado naquele que foi o
período mais desafiante da fábrica, depois do seu arranque há vinte e cinco anos. Tudo isto prestigia a nossa equipa, os nossos fornecedores, a região e o país no universo Volkswagen”.

Ler mais
Relacionadas

Trabalhadores da VW Autoeuropa exigem compensação por fábrica de Palmela liderar ranking do grupo alemão

Trabalhadores exigem quota-parte do sucesso da VW Autoeuropa. Reclamam compensação monetária pelo facto da fábrica Palmela estar em primeiro lugar no ranking das fábricas da VW. E investimentos, do grupo alemão, para aumentar a capacidade produtiva que permitam ainda manter ou mesmo aumentar os postos de trabalho e repensar os horários praticados.

Autoeuropa vai reativar linha ferroviária para transportar automóveis para o porto de Setúbal

Com esta medida, a Autoeuropa diz que vai reduzir em 400 toneladas a emissão de dióxido de carbono ( CO2) por ano, o equivalente a menos 80% de CO2 por dia, além de reduzir o tráfego rodoviário para o porto de Setúbal.

Portugal vai ter uma nova fábrica de automóveis: investimento de 300 milhões em Estarreja

O investimento é da empresa privada Ineos, multinacional de produtos químicos do Reino Unido, que criou a empresa portuguesa ‘Amazing Wheels’ em janeiro deste ano. A companhia vai produzir jipes com motores da BMW.
Recomendadas

Seguradora Fidelidade entra no mercado chileno

Com esta entrada no Chilea Fidelidade vai também apostar em alianças com parceiros estratégicos locais, alavancadas numa rede ampla de corretores e grandes retalhistas e de bancassurance, apostando numa qualidade de serviço superior com o objetivo de proporcionar o melhor serviço aos clientes.

PAN pede campanha informativa sobre 5G em Matosinhos

Matosinhos tem uma Zonal Livre Tecnológica, promovida pelo CEiiA – Centro de Engenharia e Desenvolvimento, da qual faz parte a NOS. A operadora usa a zona para testar 5G e em outubro anunciou ter coberto “integralmente” com a nova tecnologia móvel. Agora o PAN pede palestras, conferências e debates por toda a cidade para explicar o que é o 5G.

PremiumPropostas não vinculativas pela Brisa são esperadas até 19 de dezembro

O grupo José de Mello e o fundo Arcus, que controlam a maioria do capital, colocaram à venda 80% da empresa (40% cada um).
Comentários