O que marcou 2019? Vote nas personalidades e acontecimentos do ano

A redação do Jornal Económico analisou e destacou em cinco categorias diferentes, os acontecimentos e os protagonistas mais relevantes do ano 2019. Até ao próximo dia 22 de dezembro, é a sua vez de dar voz à notícia do ano.

Ao longo dos últimos 12 meses o país e o mundo assistiram a vários momentos que fizeram notícia e marcaram a atualidade. No Jornal Económico acompanhámos e informámos todos os acontecimentos relevantes, levando até si os principais eventos que fizeram a agenda nacional e internacional.

A redação do Jornal Económico analisou e destacou em cinco categorias diferentes, os acontecimentos e os protagonistas mais relevantes do ano 2019.

Vote aqui nas personalidades e acontecimentos do ano.

Até ao próximo dia 22 de dezembro, vote nas seguintes categorias:

  • Personalidade nacional do ano
  • Personalidade internacional do ano
  • Melhor CEO / Gestor do ano
  • Acontecimento nacional do ano
  • Acontecimento internacional do ano

No dia 27 de dezembro divulgamos os resultados e os vencedores.

Recomendadas

Covid-19: Hudson-Odoi, primeiro infetado na liga inglesa, já está recuperado

Hudson-Odoi, internacional inglês de 19 anos, estava a ser um dos jogadores regularmente utilizados por Lampard quando o campeonato foi suspenso devido à pandemia de covid-19, em 13 de março, numa altura em que o Chelsea seguia em quarto lugar.

Covid-19: FIFPro “preocupada” com corte unilateral de salários dos futebolistas

A FIFPro desafiou todos aqueles que estão com “dificuldades financeiras” a adequar-se à realidade dos respetivos países e a negociar “acordos proporcionais e justos”.

Covid-19: Executivos da NBA vão receber menos 20% dos seus salários

Mike Bass, porta-voz da NBA, não confirmou as notícias apresentadas pela ESPN, mas admitiu que estão a passar por momentos “sem precedentes” e que tal como “outras empresas de todos os setores, precisamos de tomar medidas de curto prazo para enfrentar o grande impacto económico nos negócios e na organização”.
Comentários