Orçamento do Estado tem 20 milhões de euros para o programa Porta 65 Jovem

Esta verba foi anunciada pelo ministro das Infraestruturas e da Habitação Pedro Nuno Santos, durante a audição parlamentar. “Queríamos mais, mas é mais do que no ano anterior”, afirmou.

Cristina Bernardo

O Governo tem destinada uma verba de 20 milhões de euros para o programa Porta 65 Jovem. Este valor faz parte do Orçamento do Estado para 2020 e corresponde a um aumento de mais dois milhões de euros que os previstos no OE do ano passado. A medida foi anunciada pelo ministro das Infraestruturas e da Habitação Pedro Nuno Santos, durante a audição parlamentar sobre o OE 2020. “Queríamos mais, mas é mais do que no ano anterior”, afirmou.

O Porta 65 Jovem é um programa de apoio financeiro ao arrendamento jovem que apoia cidadãos entre os 18 e os 35 anos, que arrendem casa para habitação permanente. O apoio governamental consiste no pagamento mensal de uma percentagem do valor da renda e permite a emancipação dos jovens e a dinamização do mercado de arrendamento.

Pedro Nuno Santos disse também que no OE 2020, estão previstos 150 milhões de euros para a habitação, um valor que será na maioria aplicado ao programa 1.º Direito e à promoção de habitação acessível, de acordo com o ministro. “Não temos uma separação entre os dois programas porque isso permite-nos preservar alguma liberdade para fazer melhor a gestão da dotação que nós queremos”, referiu.

Outra medida anunciada por Pedro Nuno Santos é o facto do Estado possuir uma lista de imóveis públicos que serão analisados para se perceber qual o seu estado e nível de degradação, por forma a tentar saber qual o nível de investimento necessário nos mesmos.

Recomendadas

12 aspetos a considerar na escolha da zona para comprar casa

Para escolher a habitação ideal é necessário ter em conta vários fatores, sendo a localização um aspeto fundamental. Confira os pontos essenciais a ter em conta na avaliação da zona em que se pretende comprar casa.

“É quase-tóxico”: Registos de Alojamento Local caíram para mínimos de 2014

Em abril foram registadas 189 unidades face às 1.750 do período homólogo do ano anterior. “Quem apostou no AL procura agora alternativas, como a venda de ativos ou a sua colocação no mercado de arrendamento de longa duração”, diz CEO da Imovendo.

Candidaturas ao Porta 65 encerram esta segunda-feira

O programa de apoio financeiro ao arrendamento jovem apoia cidadãos entre os 18 e os 35 anos, que arrendem casa para habitação permanente.
Comentários