Passaporte português considerado um dos mais ‘valiosos’ em 2018

Dados do relatório Henley Passport Index avaliam a mobilidade e licença de estadia permitida pelos documentos de cada país.

Portugal ocupa a 5º posição no ranking dos passaportes mais valiosos do mundo em 2018, de acordo com o relatório Henley Passport Index.

Os dados deste relatório avaliam a mobilidade e licença de estadia permitida pelos documentos de cada país. Uma posição que o passaporte português partilha com mais países, como Estados Unidos, Reino Unido e a Holanda.

O estudo recorreu à International Air Transport Authority (IATA)  para recolher informações de 227 destinos e de 199 passaportes de diferentes países.  Esta plataforma sofre atualizações recorrentes ao longo do ano para manter fiabilidade dos dados, caso sejam feitas mudanças dos vistos dos diferentes países.

O Japão lidera o ranking, somando um total de 190 destinos que atribuirão vistos aos seus cidadãos e em último lugar encontram-se o Iraque e o Afeganistão, com apenas 30 destinos nos quais os seus cidadãos receberão vistos.

Os resultados que os estados podem alcançar podem ser extraordinários, embora dependa do trabalho colaborativo que estes fazem para a edificação de um mundo mais conectado e colaborativo”, comentou Christian H. Kälin, diretor do grupo Henley & Partners, em entrevista à CNN.

Este responsável referiu ainda que, “a relação entre a China e os Emirados Árabes Unidos exemplifica este tipo de progresso, pois ambos apresentam uma subida significativa no ranking, relativamente a 2017, derivada dos laços que têm vindo a estabelecer com os seus parceiros internacionais.”

Ler mais
Relacionadas

TAP transportou mais de 12 milhões de passageiros até setembro

A taxa de ocupação média dos lugares fixou-se nos 82,4%, até setembro.

73% dos viajantes europeus não submetem pedidos de compensação após problemas com a bagagem

87% dos passageiros aéreos europeus não conhecem os seus direitos. Todos os anos 5 mil milhões de euros em compensações não são reivindicadas devido a perturbações em voos.

Viajar é o segundo maior motivo de poupança para os portugueses

Os portugueses admitem conseguir poupar dinheiro mensalmente, em igual proporção aos europeus. No entanto, enquanto os portugueses pouparm 80 euros por mês , a média europeia é de 385 euros.
Recomendadas

Número de jornalistas presos atinge novo recorde, com 251 profissionais aprisionados

Pelo terceiro ano consecutivo, cerca de 251 jornalistas estão presos em todo o mundo, o que sugere que a abordagem autoritária à cobertura crítica de notícias é mais do que um pico temporário. China, Egito e Arábia Saudita aprisionaram mais jornalistas do que no ano passado. A política é o tema mais arriscado, seguido pelos direitos humanos.

Braga torna-se a 13ª cidade a receber os serviços da Uber Eats

Atualmente, o Uber Eats cobre perto de 30% da população portuguesa estando, a partir de hoje, disponível em treze cidades nacionais. Freguesias como Gualtar, Real e Nogueira integram nas sete freguesias de Braga onde este serviço estará disponível.

Exportação de bens culturais aumentou 57,4 milhões de euros no último ano

Novos dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) revelam que em 2017 os portugueses tiveram uma participação cultural mais ativa: museus com mais 10,6% de visitantes e cinema e espetáculos ao vivo com mais 4,6% e 3,9% de espetadores.
Comentários