Praça portuguesa arranca no vermelho em linha com Europa. Perdas de quase 4% dos CTT penalizam PSI 20

Principal índice bolsista português iniciou a sessão desta quinta-feira a perder 0,38%, para 4.386,33 pontos, em linha com as principais praças europeias.

O principal índice bolsista português (PSI 20) iniciou a sessão desta quinta-feira a perder 0,38%, para 4.386,33 pontos, em linha com as principais praças europeias, numa altura em que os investidores sentem uma nova escalada de tensões entre Estados Unidos e China.

O secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, afirmou na quarta-feira que Washington está preparada para banir mais aplicações de origem chinesa além da rede social Tik Tok, devido a questões de segurança nacional dos EUA. China e EUA vão voltar à mesa de negociações no dia 15 de agosto para debater novamente a primeira fase do acordo comercial.

Acresce que os investidores aguardam pelo resultado das conversações entre Partido Republicano e Partido Democrata sobre o novo pacote de estímulos à economia norte-americana.

Em Portugal, O PSI 20 é penalizado sobretudo pelas perdas dos CTT, que arrancaram a sessão a afundar 3,70%, para 2,47 euros. A empresa liderada por João Bento revelou na quarta-feira, depois do fecho da sessão, que obteve um prejuízo de dois milhões de euros nas contas do primeiro semestre de 2020. Em igual período de 2019, os CTT tinham registado um lucro de nove milhões de euros.

As quebras do BCP (-0,58%), da Galp (-0,66%) da Jerónimo Martins (-0,21%) e da NOS (-0,43%) também contribuem para a performance em baixa do PSI 20.

Recomendadas

Wall Street aguenta, mas perdeu fôlego ao longo do dia

Os principais índices do outro lado do Atlântico estiveram a subir, mas no final do dia acabaram por ceder. Mesmo assim, dizem os analistas, os investidores continuam a confiar em novos estímulos à economia.

Sexta sessão em queda. Bolsa de Lisboa penalizada por perdas do BCP e Galp

Num quadro pintado de encarnado, a EDP Renováveis e a Sonae sobressaíram pela positiva, ao subirem ambas cerca 0,20%. Nas restantes praças europeias, igualmente pessimistas, destacam-se as transações de M&A da banca espanhola – desta feita, entre o Unicaja e o Liberbank.

Depois das fortes quedas de quarta-feira, Wall Street abre em baixa

As inscrições no desemprego nos Estados Unidos aumentaram na última semana, sugerindo uma recuperação mais lenta do mercado laboral devido às medidas restritivas para limitar a propagação de covid-19, indicam os números divulgados hoje.
Comentários