Respostas Rápidas: Não pode ir às urnas a 6 de outubro? Saiba como votar antecipadamente

As eleições legislativas estão marcadas para 6 de outubro, mas caso não possa exercer o seu direito nesse domingo, pode votar antecipadamente.

Em que casos é que é possível votar antecipadamente?

Todos os eleitores recenseados em território nacional podem exercer o seu direito de voto antecipado em regime de mobilidade, assim como eleitores doentes internados, eleitores presos não privados de direitos políticos e eleitores deslocados no estrangeiro.

Como é que posso votar em regime de mobilidade?

Para votar antecipadamente deverá fazer um requerimento através da internet entre os dias 22 e 26 de setembro, na plataforma da Secretaria Geral do Ministério da Administrações Interna (MAI).

Onde é que poderei votar?

Segundo o MAI, foi alargada a possibilidade de voto em mobilidade, “permitindo o seu exercício a todos os eleitores recenseados no território nacional no sétimo dia anterior ao das eleições (domingo), numa mesa de voto antecipado escolhida pelo eleitor”.

Assim, o eleitor poderá escolher uma mesa de voto antecipado em cada sede de distrito e em cada uma das ilhas das Regiões Autónomas.

“Os eleitores que pretendam votar antecipadamente em mobilidade devem manifestar essa intenção na presente plataforma, ou por via postal, à administração eleitoral da Secretaria-Geral do Ministério da Administração Interna, entre o décimo quarto e o décimo dias anteriores ao da eleição”, esclarece ainda o MAI.

Qual é a data limite de prazo de inscrição para doentes internados?

Os doentes internados em estabelecimentos hospitalares podem efetuar o seu requerimento na plataforma até 16 de setembro.

Ler mais
Recomendadas

Ja validou as faturas? Prazo termina amanhã

Cada contribuinte pode deduzir até 250 euros das despesas gerais. Para obter o benefício máximo, basta gastar 715 euros, facilmente atingíveis com os encargos da casa e da família. Em conjunto, um casal pode deduzir um máximo de 500 euros no seu IRS.

Segurança na Internet: Mais de metade dos portugueses não se sente devidamente informado

A dinâmica de fazer compras mudou muito nos últimos anos e já não é necessário sair de casa para ver, comparar e comprar produtos. No entanto, muitos consumidores carecem de literacia digital pelo que existem muitas questões quanto às melhores práticas, levando a graves problemas de segurança.

Quercus alerta para riscos de confetis e glitter no ambiente no dia de Carnaval

Os confetis de plástico e os glitter são as principais preocupações para associação ambientalista na noite de Carnaval. Quercus apela para que se opte por opções biodegradáveis ou feitas de papel.
Comentários