Respostas Rápidas: o que fez Elon Musk voltar atrás na decisão de tirar a Tesla da bolsa?

O co-fundador e CEO da Tesla, Elon Musk, tinha anunciado há algumas semanas a intenção de retirar a empresa da bolsa. No entanto, na passada sexta-feira recuou na decisão. Saiba quais as razões.

O que levou Elon Musk a avançar a possibilidade de retirar a Tesla da bolsa?

A intenção de Elon Musk foi tornada pública na rede social Twitter, no início de agosto: “Estou a ponderar tirar a Tesla de bolsa nos 420 dólares. Financiamento assegurado”. Elon Musk justificou a decisão com a necessidade de evitar “distrações” que a volatibilidade da empresa no mercado bolsista poderiam levantar e tomar as melhores decisões de longo prazo sem pressão de investidores.

O anúncio foi feito minutos depois do presidente executivo da Tesla ter anunciado que o Fundo Soberano da Arábia Saudita terá adquirido uma posição no valor de dois mil milhões de dólares na empresa, o que corresponde a cerca de 5% da empresa.

Porque é que Elon Musk recuar na decisão poucas semanas depois do anúncio?

A hipótese levantada por Elon Musk levou o mercado a reagir em alta, com as ações a subirem cerca de 7% nas horas que se seguiram ao anúncio e as negociações a serem suspensas devido ao elevado volume de transações. Mas a euforia provocada pela escalada do preço das ações não foi suficiente para convencer os atuais acionistas da empresa de automóveis elétricos.

Num comunicado divulgado na passada sexta-feira, Elon Musk informou ter cancelado o plano de retirar a Tesla do mercado de capitais, com a intenção de focar-se na produção e no aumento de lucros do Modelo 3. “Apesar de a maioria dos investidores com quem falei afirmar que ficariam com a Tesla se deixássemos a bolsa, o sentimento geral, de forma resumida, foi ‘por favor não faças isto'”, explicou.

O que era preciso para retirar a Tesla da bolsa?

A somar à pouca abertura dos investidores da Tesla, estiveram as dificuldades de tirar a empresa da bolsa. Isto porque a Tesla tem capital disperso que teria de ser comprado através de uma hipotética Oferta Pública de Aquisição (OPA). Tendo em conta que as ações da Tesla estavam a negociar muito abaixo do valor apontado por Elon Musk, o mercado reagiu em alta ao anúncio, com as ações a subir cerca de 7% para 383 dólares.

Como reagiu o mercado ao recuo de Elon Musk?

As ações da Tesla na Alemanha abriram em queda, após Elon Musk ter dado por encerrada a possibilidade de vir a retirar a Tesla da bolsa. Os títulos da empresa estiveram a cair 5,27% para 262,85 euros.

Ler mais
Relacionadas

Elon Musk assegura que a Tesla vai permanecer em bolsa

O presidente executivo da Tesla, Elon Musk, anunciou que não vai tirar a empresa de carros elétricos de bolsa, depois de ter ameaçado no Twitter que o poderia fazer.

“2018 tem sido o ano mais difícil e doloroso da minha carreira”, confessa Elon Musk

Após as ligações dos 420 dólares ao consumo de estupefacientes, o CEO da Tesla assegurou: “Não estava drogado, para ser claro. A canábis não é útil para a produtividade”.
Recomendadas

BNI Europa agravou prejuízos para 6,6 milhões de euros até junho

O ativo líquido total era em junho passado de 351,5 milhões de euros, neste caso menos 66,5 milhões de euros face a junho de 2019.

Banco de Portugal obriga financeiras em regime de livre prestação de serviços a reporte

Centenas as instituições estão registadas em Portugal como instituições de crédito da União Europeia em regime de livre prestação de serviços e entidades de moeda eletrónica com sede na Europa em regime de livre prestação de serviços, caso dos bancos digitais N26, Openbank ou Revolut.

Transportes Metropolitanos de Lisboa aprovado pelo Conselho Metropolitano

A Área Metropolitana de Lisboa detém a totalidade da empresa, que vai o património da empresa OTLIS – Operadores de Transportes da Região de Lisboa.
Comentários