Sabe como conseguir melhores condições para o seu crédito à habitação?

A transferência do crédito à habitação pode trazer uma folga ao orçamento mensal, consoante o estado dos rendimentos, bem como das despesas do seu agregado familiar. Em bom rigor e dependendo das condições do seu crédito, pode transferi-lo se encontrar uma taxa de juro mais acessível, pagando menos juros e poupando na sua prestação mensal.

No atual cenário pandémico, os bancos são impelidos a apresentar aos seus clientes as melhores condições de financiamento possíveis de modo a garantir que conseguem angariar ou manter os seus clientes. Assim, esta pode ser uma boa altura para tentar baixar as prestações mensais do seu crédito à habitação.

A transferência do crédito à habitação pode trazer uma folga ao orçamento mensal, consoante o estado dos rendimentos, bem como das despesas do seu agregado familiar. Em bom rigor e dependendo das condições do seu crédito, pode transferi-lo se encontrar uma taxa de juro mais acessível, pagando menos juros e poupando na sua prestação mensal.

Contudo, deverá verificar se os produtos e serviços que contratou juntamente com o seu crédito habitação não estão a aumentar as suas prestações mensais, produtos estes, como seguros, cartões de crédito ou contas-poupança que podem ser motivo suficiente para transferir o seu crédito habitação.

Antes de decidir transferir o seu crédito, verifique todas as condições perante as novas ofertas apresentadas noutros bancos. Para fazer a transferência deve recorrer a um serviço de consultoria que, na maioria dos casos, não têm custos.

Alguns bancos suportam os custos totais associados à sua transferência de crédito, mas existem entidades bancárias que poderão cobrar por alguns serviços, isto é, poderá ter de pagar uma comissão por reembolso antecipado, dependendo dos créditos em causa (com uma taxa variável ou fixa) dos custos com novas escrituras, da avaliação do imóvel, da comissão de dossiê cobrada pelo banco, entre outros. No entanto, estes custos podem compensar relativamente à poupança que obterá com a transferência do crédito.

São necessários documentos para iniciar um processo de solicitação de um crédito habitação e também documentos para a transferência do seu crédito habitação, tais como: o documento de identificação; o comprovativo de morada e de IBAN; a última declaração de IRS; a nota de Liquidação; os últimos três recibos de vencimento; os últimos três meses de extratos bancários; uma cópia da escritura; uma declaração da entidade patronal; e o mapa de Responsabilidades de Crédito do Banco de Portugal.

Conte com o apoio da DECO MADEIRA através do número de telefone 968 800 489/291 146 520, do endereço eletrónico deco.madeira@deco.pt. Já estamos a atender presencialmente, agende a sua consulta. Pode também marcar atendimento via Skype. Siga-nos nas redes sociais Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin e Youtube! Consulte o site da DECO.

Ler mais
Recomendadas

Países da União Europeia concordam em permitir entrada de turistas israelitas

A reabertura para turistas israelenses acontece num momento em que a UE está a tentar amenizar as restrições em torno de viagens não essenciais de países estrangeiros.

O que são e para que servem as garantias associadas aos créditos?

Na contratação do crédito à habitação, para reforço da hipoteca, a instituição de crédito pode exigir a contratação de um seguro de vida pelo cliente e pelo seu cônjuge que cubra o montante do empréstimo contratado.

Dia Mundial da Palavra-Passe. Saiba como melhorar a segurança online

Utilizar diferentes ‘passwords’ para diferentes plataformas é uma das principais dicas para se manter seguro, mas existem mais duas que poderão impedir piratas informáticas de aceder aos seus dados pessoais.
Comentários