Seixas da Costa: “França? Hidalgo não tem condições para furar no meio de Macron e Le Pen”

Começa a desenhar-se o painel de candidatos que irão ser protagonistas nas eleições presidenciais francesas, escrutínio que terá lugar em abril do próximo ano e que promete influenciar o destino da União Europeia. Este foi um dos temas em destaque na última edição do programa “A Arte da Guerra”, da plataforma multimédia JE TV.

França prepara-se para uma batalha eleitoral decisiva que deverá mexer com o destino imediato da própria União Europeia.

A presidente da Câmara de Paris, a socialista Anne Hidalgo, anunciou no passado domingo a candidatura às presidenciais francesas de 2022 que irã realizar-se em abril do próximo ano. A candidata deverá juntar-se a Emmanuel Macron, atual presidente francês e Marine LePen, líder da União Nacional, que já anunciou a candidatura.

Este foi um dos temas em destaque na edição desta semana do programa ‘A Arte da Guerra’, da plataforma multimédia JE TV, um programa conduzido pelo jornalista António Freitas de Sousa e com os comentários do Embaixador Francisco Seixas da Costa.

Relacionadas

França e Alemanha em batalhas eleitorais de sentido incerto. Veja “A Arte da Guerra” com Francisco Seixas da Costa

Acompanhe o programa “A Arte da Guerra” na plataforma multimédia JE TV, através do site e das redes sociais do Jornal Económico.
Recomendadas

“A Arte da Guerra”. “Zemmour? Em França, há muita gente à direita que nunca votará Le Pen”

O surgimento de um novo protagonista nas presidenciais francesas foi um dos temas em análise por parte do embaixador Francisco Seixas da Costa, na última edição do programa da plataforma multimédia JE TV.

Carlos Moedas toma posse como presidente da Câmara Municipal de Lisboa. Veja em direto

O antigo comissário europeu sucede a Fernando Medina na liderança da Câmara Municipal de Lisboa. Veja a tomada de posse em direto.

Combustíveis. Saiba quanto paga em impostos de cada vez que abastece

Os preços dos combustíveis dispararam mais de 30% em Portugal no espaço de um ano e meio, sobrecarregando os bolsos de empresas e famílias. Conheça qual a carga fiscal que incide no preço final dos combustíveis e como se compara com os preços em Espanha e na União Europeia.
Comentários