“Solução bloco central empobrece a democracia”, defende António Costa

O país precisa de uma solução estável, sem um “arco da governação” que “condena o PCP, os Verdes e o Bloco de Esquerda ao estatuto de uma oposição obrigatória”. Em entrevista à Antena 1, o secretário-geral do PS acrescenta que um bloco central só deve acontecer numa situação limite.

Relacionadas

António Costa: “Não vale a pena estragar uma boa amizade com um mau casamento”

Em entrevista à Antena 1, António Costa revela a sua crença de que não há razão para haver uma crise política depois das eleições de 6 de outubro. Continua a evitar a expressão “absoluta” mas pede uma maioria e recusa a ideia de um governo de coligação.

António Costa: “PSD e CDS? São programas de quem não pretende governar”

Nesta entrevista à Antena 1, o secretário-geral do PS também traçou como prioritário o equilíbrio das contas públicas. Por isso, não entende as promessas eleitorais de CDS e PSD, para a descida de impostos em Portugal: “São programas de quem não pretende governar”.
Recomendadas
rui_correia_melhor_portugal

‘O Melhor de Portugal’: Como Rui Correia, vencedor do “Nobel” da Educação em 2019, vê o ensino em Portugal

Na semana do regresso às aulas, este professor de História fala sobre os desafios da Educação em Portugal.

“Sporting reduziu passivo em 12 milhões e vai corrigir os desequilíbrios que vieram de trás”

Na última edição do Jogo Económico, o comentador Luís Miguel Henrique destacou a redução do passivo em 12 milhões de euros (um milhão por mês) tal como é possível verificar no último relatório e contas do Sporting CP.

“Jorge Mendes é fantástico para vender mas dispensaria se quisesse comprar”

O dono da Gestifute terá ajudado o Sporting a disfarçar “o melhor possível” aquele que foi o encerramento do mercado de transferências. Se fosse dono de um clube, João Marcelino chamaria sempre Jorge Mendes quando quisesse vender jogadores. Para comprar atletas, nem tanto.
Comentários