Startup Xandar Kardian vence concurso da Prosegur

Fundada em 2017, a empresa opera nos Estados Unidos, no Canadá e na Coreia do Sul com tecnologia de reconhecimento de padrões de microvibração através do processamento de sinais de radar.

A empresa de segurança privada Prosegur informou esta sexta-feira que a startup norte-americana Xandar Kardian foi a vencedora do desafio lançado pela multinacional no âmbito do seu programa de inovação aberta chamado “Come In”, que procura soluções para criar espaços livres de Covid-19.

Das mais de 80 candidaturas de 22 nacionalidades – duas das quais portuguesas – a Prosegur realizou um “Selection Day”, no qual o júri selecionou uma proposta que é capaz de controlar a ocupação de espaços interiores através da deteção de microvibrações, como as que produzem a respiração ou os batimentos cardíacos.

Fundada em 2017, a Xandar Kardian opera nos Estados Unidos, no Canadá e na Coreia do Sul com tecnologia de reconhecimento de padrões de microvibração através do processamento de sinais de radar. “A sua aplicação, no contexto atual, permite, entre outras coisas, conhecer em tempo real o uso dos espaços de trabalho e organizar os planos de limpeza e desinfeção. A empresa tem uma sólida experiência em investigação e desenvolvimento e conta já com mais de 30 patentes e 20 publicações”, esclarece a mentora do programa.

“As startups reagiram com grande agilidade e entusiasmo a este desafio pioneiro de projetar espaços livres de Covid-19. O sucesso da iniciativa realçou a importância de modelos colaborativos que combinam o potencial de soluções tecnológicas do ecossistema empreendedor, juntamente com a experiência de uma empresa líder no campo da segurança”, afirmou o diretor de Inovação da Prosegur.

Em comunicado, Daniel García diz que não tem dúvidas: “Será uma maneira prioritária de encarar os principais desafios de segurança que enfrentaremos no futuro próximo”.

Recomendadas

Marques Mendes: Governo está a demorar muito tempo a decidir sobre a TAP

O comentador político diz que a solução para a TAP no imediato vai passar por um empréstimo público ou um empréstimo privado com garantia de Estado, apontando que o Estado não vai integrar a Comissão Executiva, mas que os “poderes do Conselho de Administração serão reforçados”.

Luxair retoma voos para Faro com clientes luxemburgueses para hotéis do Grupo NAU

Cerca de 70 turistas do Luxemburgo ficaram alojados no o São Rafael Atlântico e o Salgados Dunas Suites, reabriram hoje, dia 31 de maio, as suas portas, e vão permanecer entre sete e 14 noites.

Centros comerciais vão reabrir amanhã à exceção da Área Metropolitana de Lisboa

Dos 94 centros comerciais associados da APCC, 35 são na Área Metropolitana de Lisboa, representando cerca de 50% do emprego deste subsetor de atividade.
Comentários