Tarifas da EDP Comercial sobem em média 2,4% em 2022 (com áudio)

“A EDP Comercial vai fazer uma atualização média de 2,4%, em linha com mercado regulado, a partir de 1 de janeiro. Esta atualização traduz-se numa variação média de 90 cêntimos por mês”, disse à Lusa a presidente da EDP Comercial, Vera Pinto Pereira, referindo que este aumento acontece “num contexto de subida relevante dos preços de energia no mercado grossista”.

As tarifas de eletricidade da EDP Comercial vão subir em média 2,4% em 2022, o que corresponde a um acréscimo na fatura das famílias de cerca de 90 cêntimos por mês, refletindo a subida dos custos da energia.

“A EDP Comercial vai fazer uma atualização média de 2,4%, em linha com mercado regulado, a partir de 1 de janeiro. Esta atualização traduz-se numa variação média de 90 cêntimos por mês”, disse à Lusa a presidente da EDP Comercial, Vera Pinto Pereira, referindo que este aumento acontece “num contexto de subida relevante dos preços de energia no mercado grossista”.

A intenção é manter as tarifas “ao longo de todo o ano de 2022”, adiantou a gestora, realçando que “a EDP Comercial dá assim continuidade à estratégia de estabilidade de preços que permitiu manter inalterados os preços dos clientes também em 2021, quando o mercado de energia atingiu valores recorde”.

A EDP Comercial é o principal operador no mercado livre de eletricidade, com uma quota de mercado 74,3% em número de clientes, e de 41,7% em consumo abastecido, segundo os últimos dados divulgados pelo regulador, relativos a junho.

Em junho de 2021, o mercado livre representava cerca de 85% do número total de clientes e cerca de 95% do consumo em Portugal Continental, exibindo um aumento de 1,2 pontos percentuais e de 0,3 pontos percentuais, respetivamente, relativamente ao peso relativo do mês homólogo.

Na nota enviada aos clientes, a EDP Comercial refere a atualização da tarifa, a partir de 01 de janeiro, com a “subida continuada do custo de aquisição da energia elétrica e da atual previsão de variação das tarifas de acesso às redes a definir pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos [ERSE] para 2022”.

A ERSE divulga até 15 de dezembro os preços da eletricidade no mercado regulado para o próximo ano, sendo que a proposta é de uma subida de 0,2% para as famílias (baixa tensão normal), com a redução da tarifas de acesso à rede (de 52,2%) a atenuar a subida dos preços, devido ao custo da componente energia.

Se considerados os dois aumentos intercalares de preços ocorridos este ano, as tarifas propostas para 2022 representam uma descida de 3,4% em janeiro de 2022 face a dezembro de 2021.

A ERSE apresenta, até ao dia 15 de outubro de cada ano, a proposta das tarifas da eletricidade para vigorar no ano seguinte, que é submetida ao parecer do Conselho tarifário.

Recomendadas

Projeto Sitestar promove literacia digital dos mais novos

Esta iniciativa promove, através da criação dos sites, aprendizagens relacionadas com o planeamento de projetos, o desenvolvimento do espírito de trabalho em equipa, a criação de conteúdos escritos e audiovisuais, o respeito pelos direitos de autor, incentiva e auxilia na invenção e implementação das ideias dos alunos, a adotarem um sentido critico que lhes permita navegar em segurança e com mais confiança na internet.

Neste natal, saiba o que fazer caso a sua compra online fique interdita na alfândega

A carta ao Pai Natal pode exigir que faça encomendas de artigos vindos de um país extracomunitário. Cumprir este desejo pode ser numa prova de esforço que implica conhecer a legislação, enfrentar burocracias e custos, e ainda lidar com a encomenda ficar retida na alfândega.

Não deixe as suas compras natalícias para a véspera

Quem compra por impulso arrepende-se mais, tentando depois a troca. Trocar um bem comprado numa loja física que está em perfeitas condições é uma cortesia do comerciante. A troca só é obrigatória se houver defeito. Não se esqueça de escolher cuidadosamente, de recolher toda a informação sobre o produto, de o experimentar, se for possível, e combinar a possibilidade de troca. Evitará conflitos.
Comentários