Taxa de desemprego nos 12,5% mas acima da média nacional

Dormidas e levantamentos no multibanco cresceram no primeiro trimestre deste ano.

A taxa de desemprego na Madeira fixou-se, no 1º trimestre de 2017, nos 12,5%, bem acima da média nacional (10,1%).

Ainda assim, o boletim trimestral da Direção Regional de Estatística da Madeira (DREM)- publicado esta terça-feira – aponta para uma descida de 1,8% no número de pessoas sem trabalho na Região, nos primeiros três meses deste ano.

Já a taxa de inflação média do ano anterior ao mês de março foi de -0,3%, menos 0,8% do que no resto do país, enquanto os dados dos levantamentos adicionados às compras através de terminais de pagamento automático registaram um aumento em termos homólogos de 6,2%, com uma variação de mais 5,6% do que no continente.

O relatório da DREM refere ainda que o movimento de passageiros nos aeroportos regionais cresceu 10,3%, nos primeiros três meses de 2017, face ao mesmo período do ano anterior, uma evolução que acompanhou uma subida de 4,2% das dormidas, com proveitos totais de 8,0% e um crescimento no rendimento médio por quarto (RevPAR).

Recomendadas

Madeira recebeu mais 7.249 vacinas contra a gripe

Desde o início da campanha de vacinação contra a gripe, que se iniciou a 28 de setembro, já foram vacinadas mais de 41 mil pessoas.

Câmara do Funchal apresenta nova proposta para dissolução da FrenteMar

O presidente da Câmara do Funchal refere que esta nova proposta “contempla as exigências dos partidos” com representação na Assembleia Municipal. “Estamos a fazer tudo o que é possível para que, através da cooperação e do diálogo, possamos em breve ver reunidas as condições para que estes trabalhadores possam sair da incerteza em que ficaram mergulhados, depois de chumbada a primeira proposta, e possam ser integrados nos quadros da Câmara Municipal do Funchal já no dia 1 de janeiro de 2021”, explicou Miguel Gouveia.

Madeira eleita (novamente) melhor destino insular do mundo

A Madeira foi distinguida pelos World Travel Awards. Região junta distinção ao galardão de melhor destino insular da Europa, alcançado também em novembro.
Comentários