Taxa de desemprego nos 12,5% mas acima da média nacional

Dormidas e levantamentos no multibanco cresceram no primeiro trimestre deste ano.

A taxa de desemprego na Madeira fixou-se, no 1º trimestre de 2017, nos 12,5%, bem acima da média nacional (10,1%).

Ainda assim, o boletim trimestral da Direção Regional de Estatística da Madeira (DREM)- publicado esta terça-feira – aponta para uma descida de 1,8% no número de pessoas sem trabalho na Região, nos primeiros três meses deste ano.

Já a taxa de inflação média do ano anterior ao mês de março foi de -0,3%, menos 0,8% do que no resto do país, enquanto os dados dos levantamentos adicionados às compras através de terminais de pagamento automático registaram um aumento em termos homólogos de 6,2%, com uma variação de mais 5,6% do que no continente.

O relatório da DREM refere ainda que o movimento de passageiros nos aeroportos regionais cresceu 10,3%, nos primeiros três meses de 2017, face ao mesmo período do ano anterior, uma evolução que acompanhou uma subida de 4,2% das dormidas, com proveitos totais de 8,0% e um crescimento no rendimento médio por quarto (RevPAR).

Recomendadas

Coligação Funchal Sempre à Frente acusa de CNE de legitimar “vale tudo” ao arquivar queixa contra António Costa

Mandatário da coligação de centro-direita funchalense insurge-se contra a CNE por “dualidade de critérios e juízos” na avaliação do que alega ter sido uma violação dos deveres de neutralidade e imparcialidade do primeiro-ministro em benefício da Coligação Confiança, apoiada pelo PS.

Mafalda Gonçalves defende contratação de mais bombeiros para Santa Cruz

A corporação é composta por 57 elementos, sendo que há mais de 20 anos que não há renovação de quadros, razão pela qual, Mafalda Gonçalves diz ser “urgente a abertura de concurso para a entrada de cerca de 30 novos elementos”.

Tenha atenção aos falsos intermediários de crédito no Facebook, alerta Deco

Se quiser consultar a lista das entidades autorizadas a conceder crédito em Portugal, a atuar como intermediários de crédito ou a prestar serviços de consultoria relativamente a contratos de crédito poderá fazê-lo no sítio do Banco de Portugal, em www.bportugal.pt ou no Portal do Cliente Bancário https://clientebancario.bportugal.pt.
Comentários