Tranquilidade vende 47% na Europ Assistance à Generali

A Seguradoras Unidas (que detém a Tranquilidade e Açoreana) fechou hoje às 15h00 o contrato de venda dos 47% da seguradora especialista em assistência em viagens, Europ Assistance, confirmou fonte próxima ao Jornal Económico. A operação já recebeu a autorização da ASF.

Companhia de Seguros Tranquilidade

O negócio foi avançado em primeira-mão pelo Dinheiro Vivo e confirmado pelo Jornal Económico.

A Seguradoras Unidas (que detém a Tranquilidade e Açoreana) fechou hoje às 15h00 o contrato de venda dos 47% da seguradora especialista em assistência em viagens, Europ Assistance, confirmou fonte próxima ao Jornal Económico. A operação já recebeu a autorização da ASF -Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões.

O Dinheiro Vivo avançou que a Seguradoras Unidas, entidade controlada pela Apollo, vendeu a posição que detinha na Europ Assistance a uma entidade controlada pela Generali. O negócio foi anunciado num comunicado aos trabalhadores, mas não foram especificados os valores. O comunicado diz que foi “concluído o acordo entre a EAG e a Seguradoras Unidas para aquisição da participação que esta detinha na Euro Assistance Portugal, e que a EAG passa a ser detentora de 100% do capital da empresa”.

A seguradora detida pela Apollo detinha 47% da Europ Assistance Portugal e os restantes 53% eram detidos pela Europ Assistance Group (EAG), em que a Generali tem uma posição de mais de 95%.

O Jornal Económico sabe também que a Apollo não tem qualquer processo de venda da Tranquilidade em curso. Embora sendo a Tranquilidade um fundo seja expectável que mais cedo ou mais tarde venda a seguradora portuguesa.

A Seguradoras Unidas está nesta fase ainda aberta a novas aquisições no setor. Fora do seu horizonte está já a GNB Vida do Novo Banco, companhia que chegou a merecer a atenção da Apollo.

Ler mais
Relacionadas

Montepio com Tranquilidade

Nos momentos de crise, permanecem as instituições que são portuguesas, são nossas, e estão disponíveis para ativar políticas nacionais.

Tranquilidade: nova imagem da marca vai custar 6 milhões de euros

A Tranquilidade lança esta terça-feira a nova imagem corporativa, ficando a marca Tranquilidade no mercado de Portugal Continental e da Madeira e a marca Açoreana nos Açores, aproveitando que aquela que era a seguradora do Banif tem uma imagem forte nesta região autónoma.
Recomendadas

Banco de Portugal confirma que “considera todos os factos novos” na idoneidade dos acionistas do EuroBic

Em função da avaliação da informação recebida, “o Banco de Portugal retirará as devidas consequências, nomeadamente em matéria prudencial e contraordenacional”, diz o supervisor em comunicado referindo-se à investigação ao cumprimento dos deveres a que o EuroBic está sujeito em matéria de prevenção do branqueamento de capitais.

EuroBic corta relações comerciais com empresas controladas por Isabel dos Santos

O conselho de administração do Eurobic deliberou esta segunda-feira cortar as relações comerciais com as empresas controladas por Isabel dos Santos e anunciou que vai remeter para o Banco de Portugal o processo relativo aos pagamentos da Sonangol à Matter, empresa de Isabel dos Santos com sede no Dubai.

Banco de Portugal equaciona reavaliação da idoneidade de Isabel dos Santos

O supervisor bancário, se concluir pela retirada da idoneidade a Isabel dos Santos, o instrumento legal que possui é a inibição dos direitos de voto, revelou fonte ao Jornal Económico.
Comentários