Visabeira reforça na Vista Alegre mas estuda aumento do ‘free float’

Apesar do reforço da posição da Visabeira na Vista Alegre, não é intenção do grupo com sede em Viseu retirar a empresa produtora de porcelana e cristalaria do mercado de capitais.

Ruben Diaz Diez/Visabeira

O Grupo Visabeira reforçou a sua posição acionista na Vista Alegre para 90,48% do respetivo capital social ao adquirir um pacote de 8% das ações da sua participada à sociedade Portugal Capital Ventures – Sociedade de Capital de Risco, entidade gestora do Fundo de Capital de Risco FCR Portugal Ventures Grandes Projetos de Investimento.

Segundo o comunicado enviado há minutos à CMVM – Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a operação envolveu um montante de investimento de 12,2 milhões de euros, uma vez que os 125 milhões, de ações da Vista Alegre foram adquiridos nesta operação a um preço de 0,0983 euros por título.

Apesar do reforço da posição da Visabeira na Vista Alegre, não é intenção do grupo com sede em Viseu de retirar a empresa produtora de porcelana e cristalaria do mercado de capitais.

“Na sequência desta aquisição, é intenção da Visabeira Indústria, na presente data, que a VAA [Vista Alegre Atlantis] mantenha a qualidade de sociedade aberta com as ações representativas do seu capital social admitidas à negociação no Euronext Lisbon, estando ainda a equacionar a possibilidade de um aumento de ‘free float'”, revela a Visabeira no referido comunicado.

No entanto, a Visabeira não especifica qual o modelo que tem em preparação para aumentar o ‘free float’ da Vista Alegre.

Recomendadas

Porto ultrapassa Lisboa nos preços do alojamento local

Ao contrário do que se verificava tradicionalmente, os valores em Lisboa subiram 11,6%, enquanto que, no Porto, o aumento atingiu os 17,5%.

Angola: Filho de José Eduardo dos Santos em prisão preventiva

Associação criminosa, falsificação, tráfico de influências, burla, peculato e branqueamento de capitais são os crimes imputados a José Filomeno dos Santos.

Taxistas acusam gabinete do primeiro-ministro de “manobra de diversão”

Representantes do setor do táxi reuniram-se hoje à tarde com um assessor de António Costa para a área económica.
Comentários