Wall Street regressa aos ganhos

As bolsas norte-americanas encerraram em alta, a recuperarem do forte tombo de ontem, com os investidores a demonstrarem que já incorporaram o possível aumento da inflação.

Depois de um dia anterior dramático, as bolsas do lado de lá do Atlântico fecharam em alta, fazendo regressar alguma serenidade ao mercado – depois de o fantasma do aumento da inflação ter assustado os investidores.

O Dow Jones fechou a somar 1,29%, para se fixar nos 34.021,45 pontos; Standard & Poor’s 500 avançou 1,22%, para 4.112,50 pontos; e o tecnológico Nasdaq Composite valorizou 0,72% para 13.124,99 pontos.

Os números da inflação de abril no país, divulgados ontem, ficaram acima do estimado (4,2%, contra 3,6% projetados pelos economistas), o que assustou ainda mais os investidores, que receiam que a Fed possa decidir-se a subir os juros diretores mais cedo do que o esperado para travar este ímpeto nos preços.

Apesar de alguns aumentos de preços serem um bom sinal para a retoma económica, os investidores receiam que este movimento sustentado de subida possa levar a Reserva Federal a deixar de lado a sua política monetária acomodatícia. E uma subida dos juros diretores seria mau para as ações.

Após o relatório divulgado ontem que mostrou um aumento significativo nos preços ao consumidor dos Estados Unidos, a atenção do mercado concentrou-se hoje nos dados da inflação do Índice de Preços no Produtor (PPI). Muitos investidores temiam que os dados pudessem aprofundar as quedas de ontem.

Apesar dos dados terem apresentado um forte aumento da inflação, acabou por não ser suficiente para promover o pânico nos mercados. Muito pelo contrário, os principais índices reagiram positivamente e continuaram a recuperar parte das perdas de ontem.

Os dados desta quinta-feira mostraram que os preços no produtor aumentaram cerca de 0,6% em relação a abril, após um aumento de 1% em março e bem acima das expectativas dos analistas que apontavam para um aumento de 0,3%. As maiores subidas devem-se ao aumento de 0,6% nos preços dos serviços. O Índice de Preços no Produtor também cresceu 0,6%, ou seja, produtos como, carne de bovino; carne de porco; gás natural doméstico; resinas e materiais plásticos; e laticínios. Em termos anuais, o PPI disparou 6,2%, sendo este o maior aumento registado até agora.

Recomendadas

Wall Street arranca semana mista à espera da reunião da Fed

A Novavax está a subir mais de 2%, depois de revelar os resultados de um ensaio clínico à sua vacina contra a Covid-19. O teste nos Estados Unidos revelou que o fármaco é mais de 90% eficaz contra a doença e dá igualmente proteção contra as variantes do vírus SARS-CoV-2.

Bolsa portuguesa acompanha Europa no ‘verde’

Entre as principais praças europeias, o alemão DAX ganha 0,18%, o francês CAC 40 sobe 0,19%, o espanhol IBEX 35 valoriza 0,53% e o britânico FTSE 100 aumenta 0,41%.

Bolsa de Lisboa em terreno positivo impulsionada por cotadas do grupo EDP

No PSI-20 os ganhos são liderados pela Mota-Engil e pelos CTT que sobem mais de 1,7%.
Comentários