Wall Street regressa às perdas enquanto aguarda debate das presidenciais

As companhias aéreas norte-americanas lideraram as quedas em Nova Iorque, com a JetBlue e a American Airlines a tombarem 4% e a Southwest a cair quase 2%. O preço do petróleo recuperou mas continua a cair mais de 3%.

Reuters

A bolsa de Nova Iorque encerrou as negociações desta terça-feira em terreno negativo, depois de quatro dias no ‘verde’. O foco dos investidores é o primeiro debate entre Donald Trump e Joe Biden enquanto candidatos à presidência dos Estados Unidos da América.

Entre os principais índices de Wall Street, o industrial Dow Jones perdeu 0,48%, para os 27.451,81 pontos, o financeiro S&P 500 também caiu 0,48%, para os 3.335,50 pontos e o tecnológico Nasdaq deslizou 0,29%, para os 11.085,25 pontos. Já o Russell 2000 desvalorizou 0,96%, para os 1.499,80 pontos.

As companhias aéreas norte-americanas lideraram as quedas, com a JetBlue a tombar 4,44% para 11,42 dólares, a American Airlines a cair 4,08% para 12,24 dólares e a Southwest Airlines a perder 1,65%, para 37,61 dólares.

Nesta sessão destacou-se o mercado petrolífero, perante uma queda abrupta do preço do ‘ouro negro’ causada pelos receios em torno da procura, que teima em não subir e as perspetivas de recuperação são poucas. O valor do petróleo WTI, produzido no Texas, perde 3,82% para 39,05 dólares por barril, enquanto a cotação do barril de Brent está a desvalorizar 3,55% para 41,35 dólares. Porém, chegou a estar a tombar 5%.

“A  propagação da pandemia do coronavírus não tem mostrado sinais de diminuir e o número global de mortes ultrapassou a marca de 1 milhão. Ao mesmo tempo, os investidores permaneceram cautelosos antes dos dados da API a serem divulgados no final do dia e as notícias recentes de que a Líbia pode aumentar a sua produção de petróleo para 250 mil barris por dia acabaram por pesar no sentimento do mercado”, explicaram os analistas da XTB, numa nota de mercado.

Quanto ao mercado cambial, o euro valoriza 0,69% face ao dólar, para 1,1744 dólares, e a libra sobe 0,31% face à moeda dos Estados Unidos, para 1,2866 dólares.

Ler mais

Recomendadas

Preço do petróleo mantém-se baixo para além de 2021, considera Banco Mundial

“Os preços do petróleo devem aumentar muito gradualmente face aos níveis atuais e chegar a uma média de 44 dólares em 2021, subindo face aos estimados 41 dólares por barril este ano, num contexto de uma recuperação lenta da procura e um abrandamento nas restrições à oferta”, lê-se no relatório sobre a evolução das matérias-primas.

Wall Street despede-se da semana mista

O índice Dow Jones fechou a sessão desta sexta-feira em terreno negativo enquanto o Nasdaq e o S&P 500 vão de fim de semana no ‘verde’. Segundo os analistas do Bankinter, os investidores estão de olhos postos na próxima semana devido aos dados macroeconómicos e mais resultados empresariais que se esperam e ao facto de ser a última semana antes das eleições norte-americanas.

Bolsa de Lisboa acompanha Europa que fecha no verde

NOS e Galp destacaram-se nas subidas. Na Europa a banca liderou as subidas no Stoxx 600. As bolsas europeias encerram a última sessão da semana no verde, impulsionadas pela opinião de analistas consultados pela Bloomberg de que o BCE pode avançar com novos estímulos económicos ainda este ano, dizem os analistas.
Comentários