Bolsa de Lisboa perde terreno impulsionada por Galp e EDP Renováveis

O índice português PSI 20 encontra-se agora a desvalorizar 0,15% para 5.002,93 pontos, seguindo o ciclo de todas as suas congéneres europeias.

A bolsa de Lisboa está a perder 0,15% para 5.002,93 pontos no meio da sessão desta sexta-feira, 23 de abril. No índice lisboeta, a Jerónimo Martins desvaloriza 1,42% para 14,24 euros e a Galp perde 1,34% para 9,28 euros.

Além destas duas empresas, a EDP Renováveis deprecia 0,87% para 20,60 euros, o BCP cai 0,53% para 0,11 euros e a EDP desvaloriza 0,16% para 4,93 euros.

No sentido contrário, a Ramada valoriza 2,72% para 6,04 euros, a Navigator ganha 1,93% para 2,82 euros, a Altri avança 1,93% para 6,62 euros. A Ibersol sobe 1,66% para 6,12 euros e os CTT ganham 1,38% para 3,67 euros. A Pharol ganha 0,96% para 0,11 euros e a Sonae soma 0,19% para 0,78 euros.

As principais praças europeias estão hoje a negociar em terreno negativo. Frankfurt está a desvalorizar 0,30% e Paris perde 0,26%. Madrid está neste meio da sessão a desvalorizar 0,51%. Londres perde 0,47% e Itália deprecia 0,33%. O Euro Stoxx segue a perder 0,34% para 4.000,95 pontos.

Relativamente ao valor do ‘ouro negro’, o preço do petróleo WTI, produzido no Texas, soma 0,52% para os 61,75 dólares por barril, também com a cotação do barril de Brent a valorizar 0,24% para os 65,56 dólares.

No mercado cambial, o euro valoriza 0,34% face ao dólar, para 1,2056 dólares, e a libra esterlina sobe 0,33% face à moeda dos Estados Unidos, para os 1,3881 dólares.

Ler mais

Recomendadas

Dow Jones e S&P 500 terminam semana de ganhos com novos recordes

Uma das cotadas que se destacaram em Nova Iorque foi a tecnológica Roku, que disparou mais de 11% depois de apresentar bons resultados trimestrais.

PSI-20 fecha semana no ‘verde’ com CTT a dispararem quase 10%

Praça lisboeta terminou a sessão a valorizar 1,16%, para 5,150.59 pontos nesta sexta-feira, seguindo a tendência das congéneres europeias.

Wall Street abre em terreno positivo e ignora dados do emprego nos EUA

A sessão desta sexta-feira também abriu com as empresas de tecnologia e de vacinas a verde. É disso exemplo Twitter, Apple, Johnson & Johnson ou AstraZeneca.
Comentários