Bruxelas prepara ação judicial contra AstraZeneca (com áudio)

Dois diplomatas referiram que os países da UE têm até ao final da semana para assinar os procedimentos legal para que o bloco avance com um processo judicial.

A Comissão Europeia está a preparar-se para iniciar um processo judicial contra a produtora de vacinas AstraZeneca, segundo informa o “Politico” esta quinta-feira, 22 de abril.

A questão foi mencionada numa reunião de embaixadores na quarta-feira, durante a qual a maioria dos países da União Europeia (UE) garantiu que apoiaria a decisão de processar a empresa pelas falhas nas entregas das doses prometidas ao bloco.

Um diplomata esclareceu ao “Politico” que o objetivo do processo legal é obrigar a AstraZeneca a fornecer as doses estabelecidas no contrato com a UE. Dois dos diplomatas referiram que existia um prazo até final desta semana para que os países da UE assinem procedimentos legais e avancem com o caso.

Os problemas entre a UE e a a AstraZeneca começaram em janeiro quando a empresa anunciou que não seria capaz de oferecer ao bloco o número de doses inicialmente previsto. No final do primeiro trimestre, a empresa entregou 30 milhões de doses aos países da UE, em vez das 100 milhões de doses prometidas em seu contrato com a UE. A escassez prejudicou gravemente as campanhas de vacinação nos países da UE.

Depois, a empresa projetou que entregaria cerca de 70 milhões de doses até o final do segundo trimestre do ano, quando deveria ter entregue todas as 300 milhões de doses garantidas no contrato da UE.

Além do processo judicial, a UE tem ponderado também cessar contratos com as empresas responsáveis pelas vacinas da AstraZeneca e Johnson&Johnson pelos problemas que têm apresentado. Ambas as vacinas já estiveram suspensas pela associação à formação de coágulos sanguíneos.

Ler mais
Relacionadas

“Estou contente”. Angela Merkel recebeu uma primeira dose da vacina AstraZeneca

A chanceler alemã, de 66 anos, entra na categoria etária elegível para vacinação com a vacina da farmacêutica anglo-sueca, restringido na Alemanha aos maiores de 60 anos, devido aos raros casos de tromboses registados na Europa.

UE “muito provavelmente” não deve renovar contrato com AstraZeneca e Johnson & Johnson

“A decisão não foi tomada até hoje, mas posso dizer que não iniciamos discussões com AstraZeneca e Johnson & Johnson para outro contrato”, admitiu a secretária de Estado do Turismo de França.
Recomendadas

Mais 10 casos de Covid-19 registados na Madeira

Região autónoma tinha 236 casos ativos neste domingo, e dos 17 doentes internados havia três na unidade de cuidados intensivos do Hospital Dr. Nélio Mendonça.

Portugal regista mais uma morte e 324 novos casos de Covid-19

As autoridades sanitárias contabilizaram mais 270 pessoas recuperadas nas últimas 24 horas, elevando para 800.277 o número total de pessoas livres do vírus SARS-CoV-2.

Tribunal considera ilegal obrigação de isolamento profilático de viajantes do Brasil

O Tribunal de Sintra aceitou um pedido de libertação imediata ‘habeas corpus’ de uma advogada a quem as autoridades de saúde obrigaram a ficar 14 dias em isolamento profilático em casa, quando regressava do Brasil.
Comentários