Mário Centeno recusou convite para administração do BEI

Mário Centeno recusou o lugar de administrador do BEI, soube o Jornal Económico. Fica o caminho aberto para o Banco de Portugal, mas decisão não está tomada.

Cristina Bernardo

Mário Centeno foi convidado para a administração do Banco Europeu de Investimento (BEI), mas recusou o convite, apurou o Jornal Económico. Esta terça-feira foi anunciada a saída de Centeno de Ministro das Finanças, sendo substituído por João Leão, abandonando também por arrasto a presidência do Eurogrupo.

Já Ricardo Mourinho Félix, até então Secretário de Estado das Finanças, também abandona o Governo e irá regressar ao Banco de Portugal (BdP), mas não necessariamente para o Conselho de Administração, apurou o JE. Sendo que os administradores do BdP serão escolhidos pelo próximo Governador.

Ricardo Mourinho Félix poderá ir para a administração do BEI, que está vago e para o qual António Costa pensou em Centeno.

Recorde-se que o mandato do atual Governador do regulador da banca, Carlos Costa, termina em julho. O lugar de Carlos Costa poderá ser preenchido por Centeno, mas ainda nada está decidido, segundo as nossas fontes. Para o lugar de Governador tem também sido falado Luís Máximo dos Santos, vice-governador.

Esta terça-feira, o primeiro-ministro explicou que irá discutir com João Leão o nome que será proposto pelo Executivo para a presidência do BdP e de seguida ouvirá os partidos, ainda que não seja necessário o voto a favor, uma vez que a nomeação é feita através do Conselho de Ministros, sendo seguida por uma audição na Assembleia da República. De acordo com o Observador, António Costa irá ouvir os partidos políticos no final deste mês.

O anúncio sobre a saída de Mário Centeno de titular das Finanças foi anunciada esta terça-feira pela Presidência da República. “O Presidente da República recebeu do Primeiro-Ministro as propostas de exoneração, a seu pedido, do Ministro de Estado e das Finanças, Professor Doutor Mário Centeno, e de nomeação, em sua substituição, do Professor Doutor João Leão”, pode ler-se na nota divulgada, assinalando Marcelo Rebelo de Sousa que “aceitou as propostas”.

(Atualizado às 13h49)

Ler mais

Recomendadas

Aeroporto de Beja “tem de ser aproveitado e valorizado”, garante ministra

Ana Abrunhosa falou ainda à “Antena 1” e “Negócios nos descontos nas ex-SCUT do interior do país, descartando avançar com uma data para avançarem, depois de ter dito no parlamento que medida entraria em vigor no terceiro trimestre. “Está a ser finalizada e oportunamente será comunicada”, diz.

Itália revê em alta projeções macroeconómicas e antecipa queda de 9% do PIB em 2020

O mesmo acontece em relação ao aumento da dívida pública para números entre os 158 e 159% do Produto Interno Bruto, depois de ter sido antecipado um cenário de 155,7% no início do segundo trimestre deste ano, por parte do governo transalpino.

Indústrias conserveiras ibéricas unem esforços para defender setor a nível europeu

A ANICP e a Anfaco-CEcopesca defendem que os acordos de comércio livre bilateriais da Europa com países terceiros, devem ter em consideração, não apenas a especificidade da indústria e a sua importância para as comunidades locais, como a concorrência desleal feita alguns destes países.
Comentários