Merkel volta a ter tremores

O novo episódio de tremores está a acentuar as preocupações em torno do seu estado de saúde, numa altura em que Berlim enfrenta uma onda de calor.

A chanceler alemã demonstrou novamente tremores, num encontro com o presidente da Alemanha esta quinta-feira. É a segunda vez em duas semanas que acontece, o que está a suscitar preocupações sobre o seu estado de saúde numa altura em que Berlim enfrenta uma onda de calor.

Após tremer, a governante de 64 anos recusou-se a beber um copo de água que lhe foi oferecido enquanto o presidente Frank-Walter Steinmeier discursava.

Na terça-feira passada, Angela Merkel também teve tremores aquando de uma visita do presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskiy. “Tudo está a acontecer como planeado. A chanceler está bem”, respondeu o seu porta-voz quando questionado pelos jornalistas sobre o estado de saúde da chefe do governo alemão.

Recomendadas

Trump levanta sanções da Turquia após falar com responsável das forças curdas

“Ele está muito grato pelo que os EUA fizeram e garantiu que o Estado Islâmico está bem fechada à chave”, referindo-se aos ex-combatentes do grupo extremista que estão prisioneiros.
Michael_Considine_energia_eua_1

Estados Unidos continuam “a monitorizar a influência significativa da China na EDP”

Michael Considine, que representa o Departamento de Energia no poderoso Comité de Investimento Estrangeiro nos EUA, esteve em Lisboa e recordou que apesar da tentativa de controlo ter falhado, a influência chinesa na energética portuguesa continuar a ser motivo de atenção em Washington.

Resultados da Boeing recuam 95% nos primeiros nove meses

A Boeing anunciou hoje que obteve lucros de 374 milhões de dólares (cerca de 336 milhões de euros) nos primeiros nove meses, menos 95% que no mesmo período de 2018.
Comentários