Alibaba tem mais 650 milhões de utilizadores ativos que suportaram aumento de 51% das receitas

A Alibaba, gigante chinesa do comércio eletrónico, apresentou os resultados do ano fiscal de 2019, que terminou em março. As receitas do último trimestre e as receitas anuais registaram um crescimento de 51%. Expansão geográfica das operações para cidades menos desenvolvidas teve um impacto de 70% no aumento de utilizadores ativos.

Chance Chan / Reuters

As receitas do último trimestre da Alibaba, terminado em março deste ano, registaram uma variação positiva homóloga de 51%, fixando-se em 13,6 mil milhões de dólares, acima das expectativas dos analistas, que previam receitas na ordem dos 13,3 mil milhões.

O crescimento de 51% das receitas no último trimestre do exercício de 2019 da gigante de comércio eletrónico chinês compara com o aumento das receitas, em igual período, de 41%.

O resultado líquido do período registou uma subida de 42%, em termos homólogos, para 2.988 milhões.

Os lucros por ação ficaram nos 1,28 dólares, também acima das previsões, que apontavam lucros por ação de 0,94 dólares.

O CEO da empresa fundada por Jack Ma, Danel Zhang, disse que a Alibaba aumentou os utilizadores ativos anuais em 102 milhões para 654 milhões depois de ter expandido a operação da empresa para cidades menos desenvolvidas. A estratégia de expansão geográfica teve efeitos positivos ao ter contribuído em 70% para o aumento dos utilizadores.

Em termos anuais, as receitas também registaram um aumento de 51% em termos homólogos. Já os lucros anuais ascenderam a 13,9 mil milhões, o que significa um crescimento de 12% face a 2018.

Ler mais
Relacionadas

As 25 maiores OPV dos Estados Unidos da América

A oferta pública inicial da empresa de Jack Ma é a maior de sempre em Wall Street. A OPV da Alibaba pulverizou a do Facebook por seis mil milhões. Aliás, as empresas chinesas têm marcado presença nesta lista através das telecomunicações (China Unicom), energia (China Petroleum & Chemical) e seguros (China Life Insurance). As áreas financeiras, automóvel, transportes e alimentação também estão presentes. Esta semana, também a Uber poderá tornar-se numa das maiores OPV de todos os tempos, esperando um encaixe de 10 mil milhões de dólares.

Alibaba abre plataforma a vendedores estrangeiros

A empresa vai agora permitir que empresas italianas, russas, espanholas possam utilizar o AliExpress na qualidade de comerciantes.
Recomendadas

Recorde no Airbnb. Mais de 4 milhões de pessoas reservaram alojamento numa só noite

10 de agosto foi um dia histórico para a empresa criada em 2008.

Valor gerido por fundos de investimento imobiliário cai 26 milhões de euros em julho

A Interfundos (13,1%), a Norfin (10,4%) e a Square AM (10,3%) detinham as quotas de mercado mais elevadas em julho.

Há outro sindicato em guerra com o Governo, agora por causa da Ryanair

“A partir deste momento, os trabalhadores portugueses ficam a saber que para o Governo português só se podem fazer greves de um ou dois dias”, acusa o Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil.
Comentários