Apifarma: “Portugal deve apostar numa estratégia de testagem massiva e regular”

O presidenta da Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica considera ainda que esta estratégia além de levar a uma diminuição dos impactos económicos, facilita o rastreamento de pessoas contaminadas e ajuda a controlar as cadeias de disseminação do vírus. 

O presidente da Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (Apifarma) considera que tendo em conta a atual capacidade de testagem e os diferentes tipos de testes disponíveis, Portugal devia apostar numa estratégia de testagem massiva como forma de controlar a propagação do vírus e as cadeias de transmissão.

“Se em março e abril tínhamos dificuldades de testagem, hoje em dia não temos problemas nenhuns, especialmente no que toca a testes rápidos”, garantiu João Almeida Lopes. “Faria sentido serem feitos [testes] com regularidade, com semana a semana de intervalo ou de 15 em 15 dias”, sugeriu, esta terça-feira, durante a sua intervenção na Comissão Eventual para o acompanhamento da aplicação das medidas de resposta à pandemia da doença COVID-19 e do processo de recuperação económica e social.

O responsável considera que uma aposta na testagem massiva da população poderia trazer resultados significativos que contribuiriam para “regular quem está infetado, recuperado e manter a sociedade a trabalhar de forma a evitar paragens da atividade económica”, argumentou.

Almeida Lopes considera ainda que uma estratégia além de levar a uma diminuição dos impactos económicos, facilita o rastreamento de pessoas contaminadas e ajuda a controlar as cadeias de disseminação do vírus.

A proposta chega de numa altura em que o próprio primeiro-ministro, António Costa, e o epidemiologista Manuel do Carmo Gomes defenderam que a estratégia do aumento de testagem é “arma principal” no combate à pandemia de covid-19 e que deve evitar-se o confinamento.

No dia 22 de janeiro, Portugal registou um recorde de testes realizados: cerca de 77 mil realizados num só dia. Esse valor, ultrapassou a médica registada em dezembro, altura em que o país fez cerca de 34 mil testes por dia. De acordo com os dados do Instituto Ricardo Jorge, na terceira semana de janeiro, as unidades de saúde e laboratórios em Portugal realizaram 450 mil testes semanais.

Portugal situa-se neste momento em quinto entre os países da União Europeia que mais testes realizam por milhão de habitantes.

Ler mais
Recomendadas

Covid-19: Portal do auto-agendamento para vacinação começa hoje a funcionar (com áudio)

As pessoas com mais de 65 anos já podem escolher a data e o local para serem vacinados através do Portal do Auto-agendamento para Vacinação contra a Covid-19, que entra esta sexta-feira em funcionamento.

Covid-19: Incidência acumulada na Alemanha continua a subir

A incidência acumulada de covid-19 em sete dias aumentou na Alemanha para 164 casos por 100 mil habitantes, em comparação com 161,1 de quinta-feira, com 27.543 novas infeções nas últimas 24 horas.

Movimento ‘Save the Travel Industry’ escolhe o Algarve para mostrar que é possível viajar em segurança

Com este propósito, seis representantes de reconhecidas agências de viagens do mercado alemão, que integram este movimento, estão na região do Algarve durante uma semana, de 18 até ao próximo dia 25 de abril.
Comentários