Apple assina acordo com Dialog Semicondutor para produção de chips

O acordo de 600 milhões de dólares (mais de 520 milhões de euros) assinado com a Dialog Semicondutor vai permitir à Apple produzir internamente mais componentes tecnológicos com patentes de chips britânicos.

REUTERS/Regis Duvignau

A gigante de tecnologia Apple anunciou esta quinta-feira a aquisição de uma parte da fabricante europeia Dialog Semicondutor, especialista na construção de processadores. O acordo de 600 milhões de dólares (mais de 520 milhões de euros) assinado com a Dialog Semicondutor vai permitir à Apple produzir internamente mais componentes tecnológicos com patentes de chips britânicos.

A operação prevê o pagamento de 300 milhões de dólares (cerca de 260 milhões de euros) imediatos à Dialog Semicondutor, devendo o resto do montante acordado ser pago nos próximos três anos com a entrega de produtos. Com este negócio, prevê-se o desenvolvimento de tecnologias ligadas à gestão de alimentação, subsistemas de áudio, carregamento e outros componentes ligados a circuitos integrados.

O acordo estabelece ainda a transferência de uma equipa de 300 engenheiros da Dialog Semicondutor para a Apple e o acesso aos escritórios da fabricante europeia no Reino Unido, Itália e Alemanha.

Em troca, a Dialog Semicondutor pretende acelerar investimentos na área de Internet of things (IoT), mobile, sistemas de automóveis, computação e armazenamento. A empresa quer ainda readquirir até 10% das suas ações.

Recomendadas

Bruxelas dá ‘luz verde’ à entrada da Engie no consórcio Windplus

A Comissão Europeia autorizou hoje a operação de aquisição do controlo conjunto do consórcio português Windplus pela EDP Renováveis (EDPR), pela francesa Engie e pela espanhola Repsol, ao concluir que não levanta problemas a nível de concorrência.

Eleven Sports em risco de fechar operações no Reino Unido

O serviço de streaming online não conseguiu garantir um acordo para a transmissão de jogos em canais assinados.

Norte-americana VF Corporation abre duas lojas em Portugal

Cadeia de moda da marca Vans, ligada aos desportos radicais, quer abrir um total de seis lojas na Península Ibérica.
Comentários