Costa diz que não existe atraso no plano de vacinação contra o covid-19

O primeiro-ministro não avançou com uma data para a chegada da primeira vacina contra o coronavírus, durante uma entrevista ao Observador. António Costa sublinhou a complexidade deste plano de vacinação, que será uma operação à escala mundial.

O primeiro-ministro, António Costa, afirmou, em entrevista ao Observador, que não existe qualquer atraso no plano de vacinação contra o covid-19, e disse que é preciso tranquilidade.

Na mesma entrevista o governante admitiu que não há uma data concerta para a chegada da primeira vacina, sublinhando a complexidade do plano de vacinação, que será uma operação à escala mundial, e disse que os critérios para vacinação serão “técnicos e não políticos”.

Costa voltou a dizer que é “politicamente inaceitável” não se vacinar pessoas acima dos 75 anos, quando abordou o documento da Direcção-Geral de Saúde que não aconselhou vacinar pessoas acima dessa idade.

O primeiro-ministro disse também que no sábado, aquando do anúncio das novas medidas do Estado de Emergência, vai avançar com medidas que vão vigorar até 6 de janeiro.

Recomendadas

Covid-19 duplica incidência em Espanha e já provocou perto de 2.500 mortos em 2021

O número de infeções por Covid-19 duplicaram em Espanha, nos primeiros 15 dias de 2021, com mais 300 mil novos contágios e 2.477 mortes, segundo números das autoridades sanitárias.

Covid-19: Índia anuncia mais 175 mortes e 15 mil casos no dia em que arranca vacinação

A Índia registou 175 mortes por covid-19 e 15.158 casos nas últimas 24 horas, informaram hoje as autoridades indianas, no mesmo dia em que começou a campanha de vacinação naquele país, o segundo mais populoso do mundo.

Governo português assegura contacto com a Comissão sobre entregas da vacina da Pfizer

O Govrno português mostra-se atento ao processo de entrega das vacinas da Pfizer no continente europeu, depois do anúncio da farmacêutica de que iria disponibilizar menos vacinas à medida que aumenta a produção.
Comentários