Covid-19: Catalunha confina 200.000 pessoas devido ao aumento de casos

O presidente da região da Catalunha ordenou hoje o confinamento de cerca de 200.000 habitantes em redor da cidade de Mérida, no nordeste espanhol, devido à multiplicação dos casos de contágio do novo coronavírus.

“Decidimos confinar a zona de Segria [nos arredores de Lérida] com base nos dados que confirmam um crescimento muito importante do número de contágios de covid-19”, afirmou Quim Torra, o independentista presidente da região catalã, indicando que o confinamento entrou em vigor às 12:00 locais (11:00 em Portugal).

Nesse sentido, ficam restringidas as entradas e saídas da zona afetada e estão proibidas concentrações com mais de 10 pessoas em espaços privados e públicos, entre outras medidas.

O presidente da Generalitat, que não avançou números específicos, tomou a decisão depois de terem sido detetados nove focos ativos de covid-19.

Segundo os dados mais recentes da situação epidemiológica em Espanha, divulgados na sexta-feira, as autoridades sanitárias espanholas dão conta, desde o início da crise pandémica, de que foram reportados 250.545 casos de infeção, que provocaram 28.385 mortes.

Os mesmos dados referem que, ao longo da última semana, a Catalunha registou um total de 834 novos casos, enquanto Madrid contabilizou 329.

Desde que o novo coronavírus foi detetado na China, em dezembro do ano passado, a pandemia da doença covid-19 já provocou mais de 522 mil mortos e infetou mais de 10,92 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo o balanço mais recente feito pela agência France Presse (AFP).

Ler mais
Relacionadas

Realizados 200 testes a passageiros no Aeroporto de Lisboa nas últimas 24 horas

A ministra da Saúde garantiu que enquanto não existir certeza de que os passageiros possuam teste negativo, “a falta é suprimida no aeroporto”

Vírus já matou mais de 522 mil pessoas e infetou quase 11 milhões

A agência France-Presse alerta que o número de casos diagnosticados, no entanto, reflete apenas uma fração do total real de infeções
Recomendadas

Espanha regista mais de 14 mil novas infeções por Covid-19 e 90 mortes num dia

Madrid continua a ser a comunidade autónoma com o maior número de infeções, tendo registado mais 5.086 do que o número notificado na terça-feira, o que significa mais de 35% da evolução nacional.

“É importante evitar manifestações de massas”, alerta Presidente da República

Sem querer especificar situações como os ajuntamentos no Santuário de Fátima, Marcelo Rebelo de Sousa referiu que “é importante não juntar novos fatores de contágio, seja manifestações de massas ou outras menos expressivas”.

Moderna quer produzir 20 milhões de doses da vacina contra o Covid-19 até ao final de 2020

Atualmente, não há vacinas contra o Covid-19 aprovadas pelos reguladores dos EUA, embora algumas já se encontrem na fase final de testes para provar que são seguras e eficazes.
Comentários