Covid-19: Portugal deve atingir dois milhões com primeira dose da vacina esta terça-feira

Portugal deve atingir nesta terça-feira a marca dos dois milhões de pessoas vacinadas com a primeira dose de vacina contra a covid-19, adiantou hoje a ‘task force’ responsável pelo plano de vacinação.

“Estima-se que, até dia 20 de abril, se conseguirá atingir os dois milhões de pessoas vacinadas pelo menos com uma dose”, pode ler-se numa nota de imprensa enviada à Lusa pela ‘task force’ liderada pelo vice-almirante Henrique Gouveia e Melo, na qual são também evidenciados os mais de 2,5 milhões de vacinas já administradas na população.

De acordo com os últimos números disponíveis, até às 23:59 de domingo tinham sido inoculadas com a primeira dose 1.933.854 pessoas, das quais 652.874 já tinham também recebido a segunda dose, perfazendo, assim, um total de 2.586.728 inoculações.

Já sobre o processo de vacinação do pessoal docente e não docente das escolas do ensino público e privado, a ‘task force’ realça as “mais de 184 mil pessoas” vacinadas no fim de semana, com o sábado a registar o recorde diário de inoculações, com cerca de 120 mil. O comunicado adianta ainda que foram convocadas aproximadamente 189 mil pessoas através de SMS e contacto por telefone.

Desta comunidade acabaram por ser excluídas as pessoas que já tinham sido vacinadas no seio de outros grupos, grávidas e anteriores infetados com covid-19. Quanto aos docentes e auxiliares educativos que não tenham sido vacinados no fim de semana (e sejam posteriormente identificados) podem ser vacinados já a partir desta semana.

Em Portugal, morreram 16.946 pessoas dos 831.221 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Recomendadas

Portugal com 32% da população com a primeira toma da vacina

Face aos dados da semana anterior, há mais 285 mil pessoas com a primeira dose de uma vacina administrada e mais de 300 mil pessoas que ficaram com a vacinação completa ao longo dos últimos sete dias.

Confederação do Turismo: abertura do corredor turístico com Reino Unido é “ótima notícia”

Questionado se está preocupado que a forte afluência de turistas nesta fase possa fazer aumentar o número de novas infeções por covid-19, o presidente da CTP afirmou que não, sustentando que tal se deve ao facto de “todos os turistas, sem exceção,” terem de apresentar “um teste negativo realizado nas 48 horas anteriores” a desembarcarem em qualquer um dos aeroportos nacionais.

Cientistas criam dispositivos de testagem que produzem resultados em tempo recorde

Investigadores das universidades da Florida, nos Estados Unidos, e Chiao Tung, em Taiwan, desenvolveram um biossensor que permite detetar num segundo biomarcadores para o coronavírus que provoca a covid-19. O trabalho foi divulgado na publicação Journal of Vacuum Science & Technology B, do Instituto Americano de Física.
Comentários