Covid-19: Proteção Civil de Bragança diz que números oficiais estão desfasados da realidade

A Comissão Distrital de Proteção Civil de Bragança concluiu esta quarta-feira que os números de casos da Covid-19 relativos a esta região que estão a ser divulgados pela Direção Geral da Saúde estão desfasados da realidade.

Este organismo, que junta várias entidades do distrito de Bragança, reuniu-se hoje para análise da evolução da doença e medidas no distrito de Bragança e decidiu solicitar à ministra da Saúde, Marta Temido, que as entidades competentes passem a “disponibilizar a informação diária por concelho do distrito de Bragança”.

Isto por, segundo alega a Comissão Distrital, “a informação disponibilizada no relatório de situação pela Direção Geral da Saúde, quer no dia de ontem quer no dia de hoje, se encontra desfasada no tempo, não sendo por isso real e exata”.

A Comissão continua preocupada com as entradas nas fronteiras da região e decidiu reforçar o apelo ao ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, para “a reavaliação imediata do processo do processo de decisão face à mobilidade de emigrantes e seu controlo e confinamento por quarentena”.

Pede a mesma medida para cidadãos de outras zonas de Portugal que chegam ao distrito de Bragança.

A Comissão decidiu ainda criar uma bolsa de voluntários a que podem aderir todos os cidadãos que queiram ajudar a colmatar a falta de pessoal nas instituições de solidariedade social, atendendo ao facto de começarem a surgir casos de quarentena em trabalhadores das IPSS.

Em Portugal, há 43 mortes e 2.995 infeções confirmadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde, que regista 633 novos casos em relação a terça-feira (+26,8%).

Dos infetados, 276 estão internados, 61 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 22 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de 19 de março e até às 23:59 de 02 de abril.

Além disso, o Governo declarou no dia 17 o estado de calamidade pública para o concelho de Ovar.

Ler mais
Recomendadas

“Bares e discotecas? Importante é que risco existe na utilização desses espaços”, sublinha DGS

“É uma questão que exige muito cuidado na avaliação: uma coisa são as condições das infraestruturas, outra coisa é a forma como se vai usar esse espaço e esse é o valor maior tendo em conta esta situação pandémica e que risco estão associados. a estrutura é importante neste processo, mas não é tudo”, concluiu o subdiretor geral da Saúde, Rui Portugal.

Portugal com 157 casos de infeção e três mortes por Covid-19

Região de Lisboa e Vale do Tejo regista o número mais elevado de infeções ao dia de hoje, tendo confirmado mais 99 casos em relação aos dados da véspera. O número de casos recuperados em Portugal aumentou para 38.600.

Reino Unido regista oito mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas

O Reino Unido registou oito mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, em comparação com 55 do período anterior, elevando para um total de 46.574 as mortes devido à doença desde o início da pandemia, anunciou hoje o governo britânico.
Comentários